ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

Resultados de búsqueda

36 resultados.

Vale de lágrimas

A notícia, ainda que pareça incrível, foi imprescindível para começar este comentário • O mercado dos escravos na Líbia, junto a outras atrocidades que são cometidas contra emigrantes africanos, faz parte do que a Organização Internacional de Migrações chamou de «um vale de lágrimas»

Washington, a OEA e o Grupo de Lima

Em uma reunião de emergência convocada para Lima, Peru, alguns ministros das Relações Exteriores de 13 nações da região, além de acusar Caracas, assumiram uma declaração intervencionista emitida por Washington e processada pela Organização dos Estados Americanos (OEA)

Coincidências...

No convés de um porta-aviões Trump expôs parte de seu plano apresentado ao Congresso para elevar o orçamento militar do presente ano em 10 %

Prosur com ventos do Norte

Representantes da direita e da extrema direita da América do Sul, acabam de assinar um documento para criar o que chamaram Fórum para o Desenvolvimento da América do Sul (Prosur)

Estados Unidos e o eixo do mal

QUANDO o Iraque foi parte do «eixo do mal» – visão hegemônica e criminal criada durante o governo de George W. Bush –, a «solução» dos «bons» a partir de Washington, foi invadir e bombardear a nação árabe. Ali, segundo dados de organismos internacionais, as forças agressoras mataram, mutilaram ou feriram mais de um milhão de pessoas.

África: a mais carente de solidariedade

Deveria ser estranho, mas não é assim. São notícias de um mundo real e nada maravilhoso exposto a guerras e fome. É a África, o berço dos nossos antepassados ​​e a terra sofrida a que a humanidade deve tanto

Será que a OTAN serve para alguma coisa?

Uma espécie de pânico tomava conta de muitos líderes europeus quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, depois de se mudar para a Casa Branca, disse que «vai reformular» a participação de Wa-shington na OTAN

Ética e otimismo de vencedor

EU tentei encontrar alguma fórmula que sintetizasse Fidel Castro, que agora completou 92 anos, que ainda está conosco e cuja influência abrange todas as ações da vida, todos os setores da sociedade

Nós somos Fidel

Dois anos é um tempo razoável para nos avaliarmos e sabermos quanto e como cumprimos o compromisso assinado pelos cubanos para transformar o Conceito da Revolução em realidade, legado de Fidel e herança inseparável do nosso presente e futuro