ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Ismael Batista

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, presidiu a inauguração da Fihav 2018, a maior feira multissetorial em Cuba, localizada no recinto de feiras da EXPOCUBA.

Em um contexto marcado pela vontade do Governo e o Estado cubano de fazer progressos na atualização do modelo econômico, sem deixar desabrigado qualquer cidadão ou aplicar «terapias de choque», usuais no mundo, a Feira é considerada como uma plataforma para promover o negócio nacional e permitir o intercâmbio entre as empresas da Ilha e estrangeiras; como disse no discurso de abertura, Rodrigo Malmierca Díaz, ministro do Comércio Exterior e o Investimento Estrangeiro.

Prova disso são os 3 mil expositores de 60 países que participam no evento, apesar da intensificação da natureza extraterritorial do bloqueio imposto pelos EUA contra Cuba e a perseguição financeira da qual são vítimas os que negociam com a Ilha; em franca demonstração da rejeição global desta violação política.

Após o momento inaugural, que contou com a presença de Ricardo Cabrisas Ruiz, vice-presidente do Conselho de Ministros; o vice-presidente da Guatemala, Jafeth Cabrera; e delegações de alto nível de cerca de 20 nações, Diaz-Canel pôde ver parte da variada amostra internacional e de todos os setores da economia cubana, distribuídos em cerca de 24 mil metros quadrados.

No pavilhão central, o presidente visitou, entre outros, os estandes de BioCubaFarma, o Ministério do Turismo, Cuba Ron, Habanos S.A., Bravo, produtos de carne hispano-cubanos; e a Brascuba.

Além disso, durante o dia, realizou reuniões bilaterais com o vice-presidente venezuelano Tareck El Aissami, e com Yuri Borisov, vice-primeiro-ministro da Federação Russa.

Na Fihav 2018, que durará até o dia 2 de novembro, os principais parceiros comerciais da Ilha, como Venezuela, Rússia, China e Espanha — o país mais representado — mantêm sua presença habitual; e serão apresentados elementos estratégicos para o desenvolvimento, como a Carteira de Oportunidades para o Investimento Estrangeiro.

REUNIÃO DA REUNIÃO DE COPRESIDENTES DA COMISSÃO INTERGOVERNAMENTAL CUBANO-RUSSA

Como parte das atividades previstas no contexto da 16ª sessão da Comissão Intergovernamental Cuba-Rússia sobre a cooperação económica e comercial e técnico-científica, na segunda-feira, 29 de outubro, o vice-presidente cubano, Ricardo Cabrisas Ruiz se reuniu com o seu homólogo russo Yuri I. Borisov, no Palácio da Revolução.

Foram abordados os principais temas de interesse para o desenvolvimento de laços bilaterais e a efetiva participação da Federação Russa no Programa de Desenvolvimento Econômico e Social de Cuba até 2030.

Além disso, ambos os líderes revisaram o status de vários projetos considerados prioritários para o nosso país, nos setores de energia, transportes, indústria, comunicações, saúde e agricultura, entre outros, em cuja implementação a participação russa é significativa e são símbolos das relações econômicas bilaterais.

Os vice-presidentes foram acompanhados por representantes de diferentes entidades governamentais e empresariais de ambos os países, que trocaram de forma a aprofundar os vínculos econômicos, comerciais e de cooperação bilaterais.