ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Amelia Duarte de la Rosa

A 3ª Reunião de Ministros da Cultura da Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac) terá lugar durante os dias 18 e 19 de setembro, no Palácio das Convenções de Havana.

Na reunião estarão presentes 18 ministros da cultura e 28 delegações de países da região, confirmadas até a data, segundo informou o vice-ministro da Cultura de Cuba, Fernando Rojas, em uma entrevista coletiva. No programa aparece, ainda, a assistência da diretora-geral da Unesco, Irina Bokova.

A reunião, que será antecedida por uma oficina para a aprovação de um Plano de Trabalho de Cultura da Unesco para a América Latina e o Caribe, terá como centro articular um plano de ação cultural, definido em duas reuniões anteriores realizadas em Suriname (2013) e a Venezuela (2014).

Dentro do plano destaque para os temas referidos à defesa e conservação do patrimônio material e imaterial, a prevenção e luta contra o tráfico ilícito de bens culturais, o desenvolvimento social e cultural, a diversidade da expressão cultural; e o fortalecimento do intercâmbio artístico, entre outros.

“Este encontro tem como objetivo fortalecer novos projetos como a criação de uma Escola Regional das Artes na Jamaica e consolidar outros já existentes como o Carifesta (Festival das Artes do Caribe) e a Mostra Itinerante de Cinema do Caribe”, explicou Rojas.

Prévio à reunião, no dia 17, terá lugar a 6ª Reunião de Ministros da Cultura dos países da ALBA-TCP, que se celebrará pela primeira vez em Cuba.

Paralelamente às intensas jornadas terão lugar encontros bilaterais e assinatura de acordos.