ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

Manrique é uma máquina

Larduet lidera a esquadra dos homens que buscará na Guatemala a classificação para os jogos centro-americanos.

Manrique Larduet tem 19 anos de idade • Seu rosto revela esse ímpeto dos jovens, mas seus olhos não podem esconder a voracidade de um ginasta descomunal, com ambições para subir ao topo do mundo

Solís ganha medalha de ouro no Panamá

Solís ganha medalha de ouro no Panamá.

O judoca Osniel Solís conquistou a medalha de ouro nos 66 quilos e seus colegas da equipe Yandi Torres (60 quilos), Magdiel Estrada (73 quilos) e Aliuska Ojeda (57 quilos) três de bronze

Voltar para o futebol (+Fotos)

Voltar para o futebol

Poucas horas bastaram ao presidente da Federação Internacional de Associações de Futebol (FIFA), o suíço Gianni Infantino, para levar, durante a visita do dia 29 de abril, uma gratificante experiência de Cuba, em sua primeira viagem ao nosso país, que fez parte de uma visita de trabalho que incluiu várias regiões do Caribe

Time Granma, campeão pela primeira vez!

Depois de 40 anos, os Alazanes se titulam neste Campeonato Nacional.

Esta já não é a cidade das carruagens, é a dos Alazanes, a que seus jogadores de beisebol fizeram explodir e tremer de alegria quando o arremessador Miguel Lahera dominou Raúl González quem rebateu fácil fly por terceira base e desta forma conseguir o ultimo out do quarto jogo, efetuado, em 22 de janeiro, e se tornar o time Campeão número 18 do beisebol cubano

As experiências de Culiacán

Alfredo Despaigne estará entre os rebateadores sólidos que integram o time Cuba que participará no clásico mundial.

CUBA concluiu sua participação na 59ª Caribbean Baseball Serie, que teve lugar em Culiacán, México, conseguindo a quarta colocação, que não fala bem claro do desempenho do time dirigido pelo veterano treinador Carlos Martí, o mesmo homem que segurará as rédeas do time nacional, no próximo 4º Clássico Mundial de Beisebol

BEISEBOL

Cuba e o World Baseball Classic 2017

O time Cuba no CM está conformado por jogadores do seu Campeonato nacional.

POR que não fazem parte do nosso time nacional de beisebol aqueles jogadores que atualmente jogam nas Major League Baseball, dos Estados Unidos, muitos deles com atuações de destaque?

INTERNACIONAL DE BADMINTON GIRALDILLA

Guerrero profeta em sua terra

Osleni Guerrero melhorará da 170ª colocação onde se encontra dentro do ranking mundial.

Se bem o partido foi nivelado, para o final dos dois sets o cubano teve atuação implacável em prol da vitória

BEISEBOL

Jogadores cubanos estarão em times da Can Am League

Yurisbel Gracial: um dos jogadores mais destacados do time de Matanzas, nos últimos Campeonatos Nacionais de beisebol da Ilha e já fez parte do time nacional de Cuba.

Uma seleção nacional de jovens figuras concorrerá nessa liga e depois no encontro amistoso Cuba-Estados Unidos. Um time Sub-18 da Ilha maior das Antilhas estará presente no certame de Quebec, com vista ao campeonato mundial dessa categoria

O esportista maior

O esportista maior.

«VOU dizer-lhes, em primeiro lugar, que nem na segunda metade deste século, nem na primeira, nem em alguma outra época da história, um país, e neste caso um país pequeno do Terceiro Mundo e, além do mais, bloqueado economicamente pela potência mais poderosa e mais rica da terra, fustigado, agredido de mil formas diferentes, fez tanto pelo esporte nem atingiu os resultados que, em um brevíssimo período de tempo, fez e atingiu Cuba». Fidel Castro, 13 de agosto de 1999.

O beisebol traz surpresas

A unidade e a confiança mantêm os tigres de Ciego de Ávila como favoritos para vencer seu terceiro campeonato a fio.

NO começo do Campeonato Nacional de Beisebol, ficou certo de que quase ninguém previu que a final seria entre os times de Ciego de Ávila (Tigres) e Granma (Alazanes)

Outra rota à cidade Maravilhosa

Outra rota à cidade Maravilhosa

A prática do esporte é um direito humano. Cada indivíduo tem a possibilidade de vincular-se ao mundo atlético, sem ser discriminado e no âmbito do Espírito Olímpico, o qual requer de compreensão mútua, solidariedade e amizade

Realizar outra façanha no Rio

delegacion

A delegação cubana que participará dos 15os Jogos Paraolímpicos, no Rio de Janeiro, Brasil, recebeu a bandeira, na manhã da quinta-feira, 25 de agosto, no Memorial José Martí

Julio César fez o sinal da cruz

julio

A terceira medalha de ouro para Cuba foi ganha pelo boxeador Julio César La Cruz, e desta forma a Ilha está na 21ª colocação do quadro de medalhas

Mijaín dá impulso ao navio

mijail

Em 16 de agosto, o ginasta Manrique Larduet procurará outra medalha, apesar do contratempo que significa sua lesão no tornozelo

Nivaldo e Sergio, imensos

Nivaldo Díaz-Sergio González e as estadunidenses Emily Stockman-Kimberly Dicello, durante a premiação na Malásia.

A dupla cubana, após seu sucesso na Malásia, assistirá à segunda parada do Circuito Mundial, na China

Carlos Martí e sua estratégia de campeonato

O diretor ativo mais experiente no beisebol cubano já pode exibir em suas vitrinas o troféu do clássico das bolas e strikes.

Os deuses do beisebol tem premiado finalmente Carlos Martí com um título. O diretor ativo mais velho do beisebol cubano já pode exibir em suas vitrines o troféu do clássico das bolas e strikes, depois de vencer os Campeões de Ciego de Ávila na final pelo título da 56º Campeonato Nacional

Yunidis Castillo: vou me recuperar e começarei de novo

Yunidis Castillo conquistou a primeira medalha cubana no Rio.

«Minha recuperação é longa, pensaram que devia ser operada, mas evitei o quirófano graças a um implante de células mães; por esse procedimento a melhoria é mais lenta», disse nesta cidade Yunidis Castillo, múltipla campeã e recordista paraolímpica e mundial

Granma, o novo campeão!

granma

Uma verdadeira façanha. É a única forma de qualificar o realizado pela equipe dos Alazanes ao vencer duas vezes aos campeões de Ciego de Ávila e conquistar pela primeira vez em 40 anos de história o título de campeão do 56º Campeonato Nacional de Beisebol

A história crescerá

medalla

Depois da primeira medalha de ouro obtida por Cuba nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, pelo lutador Ismael Borrero, Cuba continua hoje procurando outras medalhas e triunfos

Esportes por ar, mar e terra

voli de playa

Ainda sem medalhas, Cuba se faz sentir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e a prova mais fiel a achamos no vôlei de praia

Toronto 2015

A bandeira cubana já tremula na Vila

toronto

Em um ato com a presença de esportistas das Bahamas e Colômbia a embaixada atlética desfrutou à plenitude o simbolismo do momento

Com o nome da Pátria bem alto

peloteros

Os jogadores do time Vegueros de Pinar del Rio, vencedores da Caribbean Series, retornaram na segunda-feira, 9 de fevereiro a Cuba e receberam uma saudação especial do presidente Raúl Castro, transmitida pelo primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez.

Mais campeões retornam ao lar

recibio

Foram recebidos no aeroporto por Miguel Díaz-Canel e José Ramón Fernández. O jogador de beisebol Alfredo Despaigne falou em nome dos esportistas

DE OLHOS NO RIO DE JANEIRO

A luta traça sua rota ao pé do tatame

 CUBA é potência mundial indiscutível na luta. A 15ª colocação no quadro histórico de medalhas olímpicas nesta disciplina (seis de ouro, cinco de prata e sete de bronze) tendo participado em sete ocasiões, a partir das olimpíadas de Montreal, em 1976, atestam sua preeminência

O tiro cubano aspira a manter seus resultados históricos

O campeão olímpico de Londres 2012, Leuris Pupo, procurará manter a primazia.

SÓ faltam uns poucos meses para o começo do maior espetáculo esportivo da humanidade, quando se desenvolva, entre 5 e 21 de agosto próximos, na cidade brasileira do Rio de Janeiro, a 31ª edição dos Jogos Olímpicos da época moderna.

CUBA E OS MUNDIAIS DE ATLETISMO INDOOR

Excelência nos saltos e barreiras

Excelência nos saltos e barreiras

O atletismo cubano tem sido figura de destaque nos Campeonatos Mundiais em Recinto Coberto (Indoor), pois três de seus competidores estelares aparecem entre os que impuseram recordes

63ª EDIÇÃO DO MEMORIAL BARRIENTOS

Recorde com cheiro a Olimpíada

Maykel Massó, primeiro campeão mundial cubano Sub 18 de salto em distância. Foto: Jiro Mochizuk.

A 63ª edição do Torneio Internacional Memorial Barrientos de Atletismo, que de 26 a 29 de maio teve lugar no estádio Panamericano, de Havana, deparou resultados alentadores em um dos eventos de maior tradição competitiva de Cuba nos certames olímpicos: o salto em distância