ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Adalberto Álvarez é o grande sonero cubano por excelência, possuidor de um inconfundível estilo harmônico e melódico. Conhecido como El Caballero del Son (O Cavalheiro do Son) fez antológicas inovações e contribuições a esse gênero. Foto: Cubadebate

O ano 2019 será de comemorações para a empresa cubana Artex, quando chegue a três décadas de fundada.

Em diálogo com a vice-presidenta de Imagem do holding, Marta Caballero, salientou que os planos para este ano estão encaminhados à grande comemoração e todo o ênfase está dirigido a datas importantes para grupos e orquestras de seus catálogos, entre elas, NG La Banda e Charanga Habanera (30 anos); Manolito Simonet y su Trabuco (25); Azúcar negra (20), e nada mais nada menos que os 45 de carreira artística do reconhecido sonero Adalberto Álvarez.

Da Artex propriamente — apontou Marta Caballero — estamos festejando 25 anos de Musicalia e 20 de Clave Cubana (ambas as agências de representações artísticas); 15 anos do projeto Arte em Casa e 25 da Bis Music (sua gravadora).

CULTURA E COMÉRCIO

Mas Artex é mais do que festejos. Tem uma extensa linha de negócios, porque é cultura e comércio, através de sete agências, a primeira delas Paradiso, especializada, naturalmente, em turismo cultural.

Segue, por sua repercussão econômica, Comercial Lauros que conta com novas linhas de produtos, entre as que se encontram Patatos (confecções têxteis), Baúl de Sueños (produtos infantis) e a marca exclusiva Compay Segundo (confecções masculinas e artigos para fumantes).

Um projeto muito apreciado de Lauros é Arte em Casa, que consegue combinar a cultura cubana com objetos úteis para o lar. A coleção conta já com mais de 200 produtos (pratos, tapetes de mesa com porta-copos, leques, para-sóis, jogos de xícaras) decorados com obras de reconhecidos pintores das artes plásticas cubana contemporânea e das coleções de Arte Cubana e Arte Universal, do Museu Nacional das Belas Artes.

Na contemporaneidade, outra linha da Artex é o comércio eletrônico (www.mallcubano.com) de produtos cubanos (instrumentos musicais, CDs de música, DVDs de filmes, serigrafias, cartazes de cinema, artesanato, confecções) e inclusive downloads de música.

Precisamente por sua importância em Cuba, o universo da música tem outra esfera no holding, Bis Music, que conta com seu próprio estúdio de gravação, Eusebio Delfín, situado na cidade de Cienfuegos.

A gravadora possui um catálogo fonográfico com mais de 700 títulos, desde o mais tradicional até as mais contemporâneas tendências da música cubana. Tem o orgulho de ter sido a primeira em Cuba em ganhar um Grammy Latino. Recebeu-o em 2001 por La Rumba soy Yo, na categoria de Melhor Álbum Folclórico.

Desde 2015, a Bis Music aposta nas vendas digitais e colocou a maioria de suas produções em plataformas de comercialização online, como Itunes, Amazon, Youtube e Cubamusic.

E CENTROS CULTURAIS

Além de uma rede de lojas com mais de 250 estabelecimentos ao longo do país, a Artex dispõe de 90 centros culturais distribuídos também por toda a Ilha, nos quais se podem desfrutar quase todos os gêneros musicais, o pop fusão, trova, música alternativa, popular para dançar, jazz, boleros e a música eletrônica.

Havana é privilegiada com boates como El Sauce, Barbaram Pepito´s Bar, La Casa de 18, Salón Rosado de La Tropical «Benny Moré», Café Miramar e o Submarino Amarillo.

A Bule-Bar 66, que propiciou a história e conhecimento de alguns planos da Artex em andamento rumo ao 30º aniversário, faz parte desses centros.

A Artex não só promove valores culturais. Segundo afirma seu atual presidente, Eladio Marrero, em entrevista publicada na revista Arte por excelências, «estamos inseridos no esquema fechado de financiamento do Ministério da Cultura como principal contribuinte de divisas, daí nossa grande responsabilidade de incrementar as exportações, com o objetivo de autofinanciar os programas de desenvolvimento cultural do país».

Esses programas incluem as escolas de arte de ensino primário, médio e superior, a compra do material escolar, a manutenção ou recuperação de tais escolas, cinemas, casas da cultura e outras entidades culturais.

Comércio para a cultura e vice-versa, a partir da Artex, a empresa cubana de promoções artísticas e literárias.