ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: el 19 digital

MANÁGUA.—Com 21,3 % das juntas receptoras escrutadas, o Conselho Supremo Eleitoral da Nicarágua (CSE) informou que Daniel Ortega, candidato da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) obteve 71,3 % dos votos.

No fechamento desta edição, Roberto Rivas, presidente do CSE, informou no primeiro boletim eleitoral que houve 65,3 % de participação e durante a jornada não se registraram incidentes de nenhuma natureza. Ainda, indicou que 3,8 % dos votos foram nulos, enquanto que 96,2 % foi válido.

Após votar e em declarações à imprensa, Daniel Ortega, candidato pela FSLN, expressou que «este é um voto para a paz, para a estabilidade e segurança das famílias nicaraguenses».

O presidente acrescentou que tem sido um processo eleitoral inédito, «são as primeiras eleições nas quais os deputados terão uma cota de 50% mulheres e 50% homens, isso é digno da terra do patriota Augusto César Sandino», expressou Ortega.

O Observatório Eleitoral Universitário (OEU) fez um apelo a respeitar a legitimidade dos sufrágios, com vista a manter a paz com que decorreu o processo.

Segundo o relatório do Observatório, mais de cinco mil estudantes foram desdobrados pelo país todo, para acompanhar as eleições, estas cumpriram com normalidade todos os passos estipulados pela Lei Eleitoral nas 14.581 juntas receptoras de votos.