ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Presidencia de Ecuador

QUITO.— O primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros de Cuba, Miguel Díaz-Canel, participou em 24 de maio na cerimônia de transferência presidencial ao novo presidente equatoriano Lenín Moreno Garcés.

Ao entrar na sede da Assembleia Nacional do Equador, o primeiro vice-presidente cubano foi recebido com fortes aplausos, honras protocolares e saudou as autoridades equatorianas e às distintas delegações presentes, referiu o site Cubaminrex.

De acordo à conta no Twitter da presidência do Equador, Díaz-Canel também teve um encontro fraternal com o presidente sul-americano Lenín Moreno depois da dita cerimônia, durante o qual ambos ratificaram a decisão de continuar aprofundando as relações bilaterais.

Na manhã de 24 de maio, Díaz-Canel prestou tributo ao prócer da independência do Equador, General Eloy Alfaro, no monumento erguido em sua memória no parque «El Ejido», situado em Quito.

Díaz-Canel destacou os vínculos históricos e a conexão que uniu Eloy Alfaro com a Ilha. Lembrou que o líder da Revolução Liberal equatoriana (1842-1912) conheceu o general independentista cubano Antonio Maceo e ao herói nacional de Cuba, José Martí.