ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

NAÇÕES UNIDAS. – O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, qualificou aqui, em 16 de agosto, o racismo e a xenofobia de venenos da sociedade.

Em declarações à imprensa, o diplomata apelou a toda a comunidade internacional e seus atores a condenarem esses flagelos de uma maneira inequívoca, em qualquer lugar e momento que se produzam.

Guterres reiterou a postura fixada na véspera, depois dos recentes atos de violência derivados de uma manifestação na localidade estadunidense de Charlottesville, Virginia, protagonizada por supremacistas brancos.

De acordo com o secretário-geral da ONU, a humanidade deve guiar-se pelos princípios do respeito à diversidade e o rechaço às posturas irracionais.

Isso é chave nos Estados Unidos e em qualquer outra parte do mundo, ressaltou.

Antes, especialistas das Nações Unidas expressaram preocupação pelo auge do racismo e da xenofobia nos Estados Unidos.