ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

CIENFUEGOS.— Xavier Mojica Caminal é um turista catalão interessado em viajar, há já vários anos, à cidade cubana de Cienfuegos, conhecida também como a Pérola do Sul. Apesar de ser uma vila marinheira, ele não queria chegar aqui ao ritmo do já conhecido slogan turístico de "sol e praia", pois uma doença da pele lhe impede se expor aos raios do sol.

Seu interesse era basicamente, segundo comentou ao Granma Internacional, conhecer os muito personalizados hotéis Encanto, construídos em uma vila declarada pela Unesco Patrimônio Cultural da Humanidade, de cujas bondades ele havia lido em uma revista turística europeia.

Após marcar férias na empresa informática na qual trabalha, Xavier viajou neste ano a Cienfuegos, para se hospedar no hotel Encanto La Unión, situado no mesmo coração da cidade, e construído no século 19 onde, tal qual referiu, o tratamento foi excelente e as condições de alojamento de acordo com o consignado em sua leitura prévia.

INSTALAÇÕES COM CARACTERÍSTICAS ÚNICAS

Este tipo de hotéis possui particularidades que o distinguem dos outros. Há já sete anos, quando a modalidade começava a despontar em Cuba e se inaugurava, em 5 de setembro de 2007, o Encanto Palacio Azul (a primeira instalação deste grupo no país), Manuel Marrero Cruz, ministro do Turismo (Mintur), definiu suas características, respondendo as interrogantes deste repórter.

O titular do Mintur expressou que "o projeto de Hotéis E (Encanto) não é outra coisa que a recuperação e restauração de instalações com valores patrimoniais nas principais praças históricas de Cuba, para convertê-las em hotéis e distingui-las todas com serviços personalizados e de excelência".

Sublinhou que são "requintados, exóticos, exuberantes, excepcionais, entre outros qualificativos, e marcam o início de uma nova tendência do turismo cubano que se afasta do sol e da praia, para abrir passagem ao mais autêntico de nossa identidade cultural, desde San Antonio até Maisí".

"Cada edifício destes é um livro. Estão cheios de história, sua imponente arquitetura nos remonta às diferentes tendências e estilos que se foram generalizando durante os dois últimos séculos. Os hotéis Encanto vão à procura das pegadas de nossa história e propiciam um maior intercâmbio dos visitantes com nosso povo", precisou a esse respeito.

Justamente na linha definida pelo ministro, o primeiro dos hotéis Encanto em Cuba, o Palacio Azul, se ergue em uma emblemática instalação de estilo eclético, construída entre os anos 1920 e 1921, desenhada por um importante arquiteto italiano, cujo valor de uso inicial foi um palacete onde morava uma família da alta burguesia de Cienfuegos e, posteriormente, foi a sede de várias entidades.

Depois do Palacio Azul, em Cienfuegos foi aberto o Encanto La Unión (o mais amplo destes locais até o momento, naquilo que foi uma antiga hospedaria construída em 1869 e que em 2000 fosse resgatada de suas ruínas). Encontra-se a um quarteirão da praça Martí: antiga Praça de Armas, lugar em que foi fundada a outrora colônia Fernandina de Jagua, em 1819, primeiro nome da cidade de Cienfuegos.

Mais tarde, foram abertos o La Casa Verde e o Perla del Mar, em duas mansões construídas nos anos 50 do século passado, muito próximas da área de La Punta, Monumento Nacional. Todas estas instalações — adstritas à rede Gran Caribe — tiveram desde seu surgimento até hoje presença permanente de visitantes, o qual alentou a expansão da modalidade.

MOMENTOS DE AUGE

"A construção de um amplo grupo de hotéis Encanto se inscreve no objetivo de converter Cienfuegos em um polo turístico fortalecido e integral, e um dos destinos mais atraentes e competentes do centro sul cubano", considerou o delegado do Mintur no território, José Enrique González Garrido.

Garrido reafirmou que as novas edificações da marca Encanto conformariam uma fortaleza para o destino turístico Cienfuegos, ao tempo que seriam concebidas como um complexo de centros de alto padrão.

Manuel Carcassés Borges, que lidera o programa de Desenvolvimento na Delegação Provincial do Mintur, explicou que dentro das projeções gerais do setor no território, se prevê finalizar, em 2016, o hotel Encanto San Carlos (o quinto de seu tipo) um projeto em fase de culminação situado no centro de Cienfuegos, com 46 habitações.

"Ao lado da praça Martí, foi previsto adaptar à estrutura desta área o Encanto Ciervo de Oro (com 22 quartos). Com 24 apartamentos, se incorpora à lista de projeções o Encanto Bristol, em uma área similar, com um estado técnico favorável", indicou.

"No mesmo perímetro do Centro Histórico — Patrimônio Cultural da Humanidade — se contempla habilitar o Hotel Encanto Palacio de Ferrer, com 28 capacidades. Entre 2015 e 2017, na zona deve readaptar-se às condições dos imóveis desta classe o Encanto La Fernandina, de duas habitações", informou Carcassés.

O funcionário fez menção entre a lista de objetivos os novos hotéis Encanto El Prado, Perla del Sur/La Paloma, El Comercio, La Punta, El Amanecer e Tureira, possuindo todos eles valores patrimoniais.

Cabe destacar o fato de que estes locais emblemáticos ou bem se encontravam inabilitados (em alguns casos durante os últimos vinte anos) como as hospedarias San Carlos e Ciervo de Oro; ou bem cumpriam funções alheias às de suas origens, como o outrora célebre Pam América, agora Bahía — situado na avenida beira-mar — e El Bristol.

De forma geral, seu resgate fará possível a entrada em serviço de cerca de 300 habitações na cidade (182 delas no Centro Histórico, em instalações com categoria de quatro e cinco estrelas).

A capacidade de alojamento aqui deverá crescer com novas construções (não pertencentes aos hotéis Encanto) como o Compacto, com 300 habitações; Mar 1 e 2, com 335; Puesta del Sol, com 200; e um complexo hoteleiro na ilhota Cayo Carenas, com o mesmo número de cômodos.

Já se encontra em fase de acabamento a tarefa técnica para a Vila Náutica Residencial, uma Marina de classe A que contará com uma doca para 200 barcos, 100 habitações e 256 apartamentos.

Como parte do programa de desenvolvimento em andamento até 2030, Carcassés significou a ampliação do hotel Rancho Luna, com a construção de 60 bangalôs; e o fomento dos destinos de golfe em Rancho Luna-Pasacaballos e Playa Inglés-La Tatagua, em uma extensão planificada em 1.748 hectares divididos em nove parcelas para o golfe e cinco de sol e praia.

Em uma perspectiva semelhante destaque para a abertura, no ano 2015, do Oxio Club Costa Sur, a cargo do grupo empresarial Palmares, do cinema-teatro Efect 3D/4D/5D e do Parque Funicular Aquático, este último previsto para 2017. De acordo aos projetos, ainda, será construída, por parte do Ministério dos Transportes, um terminal de cruzeiros.

O referido terminal obedece ao incremento registrado na chegada de cruzeiros aqui, modalidade que crescerá durante a próxima temporada alta do setor em mais do dobro, relativamente à etapa anterior. Para a temporada alta, que começa em novembro, está prevista a chegada ao porto local de 70 viagens deste tipo. Na temporada passada foram 29.

A representante comercial do Ministério do Turismo no território, Deborah González Valladares, adiantou que deste número, 16 viagens de cruzeiro terão lugar por Faro Luna, um hotel convertido em referente para o mergulho na costa meridional do arquipélago.

Vários dos empreendimentos contam com financiamento estrangeiro, entanto as despesas do outro segmento se encontram concebidas dentro do Programa Bicentenário, em saudação aos dois séculos da fundação da colônia Fernandina de Jagua, hoje cidade de Cienfuegos, que será em 22 de abril de 2019.