ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

ESPANHA, 25 de outubro de 2016. — O cônsul-geral de Cuba em Sevilha, Alejandro Castro Medina, ofereceu uma palestra acerca da vigência do bloqueio econômico, comercial e financeiro dos EUA contra Cuba, denunciou sua ilegalidade e extraterritorialidade. O ato foi organizado pelo Comitê Local do PCE em Sevilha e teve a presença de seu Secretário Político, Ismael Sánchez. No encontro assistiram dirigentes do PCE em Sevilha em nível local e provincial, diretivos e membros das Associações de Solidariedade com Cuba “José Martí” e “Bartolomé de las Casas”, representantes da Associação de Cubanos Residentes em Andaluzia “Tocororo”, bem com militantes e simpatizantes do partido e membros da missão diplomática.

Em sua intervenção, o secretário Político do Comitê Local do PCE em Sevilha, denunciou a ilegalidade do bloqueio e mencionou as ações que realizaram em Andaluzia, particularmente em Sevilha, para exigir seu cesse imediato.

Por sua parte, o diplomata cubano agradeceu a participação de todos os amigos da Revolução Cubana na batalha pela eliminação desta política hostil, através das propostas aprovadas em diferentes instâncias, das resoluções e declarações de condena acordadas pelas associações de solidariedade, partidos políticos e associações de cubanos.

Para finalizar o encontro o cônsul-geral, respondeu interrogantes dos presentes acerca da realidade cubana. (Cubavsbloqueo-Consulado Gera de Cuba em Sevilha)