ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

A reabilitação integral e intensiva para crianças e adultos oferecida aos visitantes estrangeiros, constitui um eixo central no Centro Internacional de Saúde La Pradera, situado no oeste de Havana e especializado em recuperar pacientes com danos neurológicos, acidentes cardiovasculares, doenças ortopédicas, transtornos da audição e da linguagem, entre outros padecimentos.

È caracterizado por um atendimento personalizado oferecido por profissionais universitários de ampla experiência na atividade, os que oferecem hidroterapia e sauna, massagens corporais, medicina natural e tradicional, podologia, terapias com parafina, ginástica, ludoterapia, equoterapia, magnetoterapia, termoterapia e vários tratamentos médicos com equipamento de alta tecnologia.

O diretor do centro, doutor Jenry Carreño Cuador, destaca ao Granma Internacional, que em 20 anos de existência da instituição atenderam 70.800 pacientes de 112 nações em diferentes programas, ajustados a patologias específicas e por pedido expresso ao centro.

Menciona os programas de qualidade de vida; os dirigidos a doentes que padecem osteoporose; os aplicados a pessoas da terceira idade; e a pacientes com doenças respiratórios, causadas pela exposição a substâncias tóxicas, principalmente dentro das jazidas.

Igualmente se oferecem outros anti-stress, os focados às mulheres em idade pré-menopáusica e o de redução do peso corporal. Ao mesmo tempo, desenvolvem alguns destinados aos atletas de alto rendimento, que terminaram sua vida ativa no esporte e precisam de um plano para normalizar seu estado físico. Eles se acolhem a uma vida tranquila, longe do acosso da imprensa sensacionalista.

Também têm concebido a reabilitação a pacientes que receberam um implante coclear e transitam do mundo do silêncio à sonoridade, com ênfase nas crianças e com procedimentos terapêuticos de estimulação precoce. «Produto dos resultados nesta área, nós recebemos no mês de fevereiro de 2016, o prêmio Mundo de Esperança, outorgado pela Associação Internacional de Ensino Especial», assegura o doutor Carreño Cuador.

Este hospital-hotel foi inaugurado pelo Comandante-em-chefe Fidel Castro, em 1º de novembro de 1996. Nele trabalham ao redor de 540 trabalhadores e conta com 152 quartos dotados dos cômodos necessários para uma estada aconchegante, 17 deles com condições especiais para pessoas deficientes.

O centro se distingue por um ambiente aconchegante, onde prima o silêncio, a ordem, a limpeza, a luz e o entorno verde. Seus quartos são climatizados e contam com TV a cabo, água fria e quente, cofre, telefone com comunicação nacional e internacional e minibar.

Em suas áreas comuns funcionam restaurantes e confeitarias, piscinas, áreas esportivas, loja, correio, cabeleireiro, farmácia internacional, banca de reserva turística e aluguel de salas para eventos.

PROGRAMAS MAIS PROCURADOS

Na pasta de programas médicos comercializados, um dos mais procurados é o de qualidade de vida, focado na prevenção e detecção precoce de doenças e na promoção de estilos de vida benéficos, bem orientados e encaminhados à diminuição de fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis.

O fisiatra Romárico Arjona Rodríguez, explica que muitos idosos vêm interessados neste programa, porque neles se incluem uma avaliação integral da pessoa e a adoção de novas medidas para diminuir fatores de risco de patologias crônicas. Seus resultados se mostram em alongar os anos de vida.

Acrescentou que eles fazem um prontuário médico aos pacientes, a partir de seus padecimentos. «Ao avaliá-los, recorremos a uma avaliação integral com outros especialistas para chegar a um consenso do tratamento a seguir. Elaboramos um programa, explicamo-lo ao paciente, para ter seu consentimento e depois iniciamos o primeiro estágio do tratamento», indica o doutor.

Assim empreendem terapias auxiliadas de equipamentos, técnicas e procedimentos, já testados no sistema de saúde pública de Cuba e com sucessos na cura de diversas patologias. Também se trabalha com profissionais de múltiplas disciplinas para fusionar os conhecimentos, a fim de solucionar as patologias diagnosticadas. Por tal motivo, também aplicam terapias naturistas, acompanhando os tratamentos.

O doutor Daniel Barrero O´Rrelly, especialista em Medicina Natural e Tradicional, comenta que utilizam a acupuntura, a digitopuntura, o tai chi chuan, as ventosas, a moxibustão, a laserpuntura, os fitofármacos e uma grande variedade de terapias complementares e alternativas, praticadas em Cuba desde a década de 1990, sob uma base legal instituída e como parte de um programa oficial, que inclui desde os consultórios comunitários até os hospitais.

Estas práticas são menos invasivas, diminuem o uso de fármacos químicos e melhoram a saúde, utilizando elementos naturais como o sol, a água, a luz, o oxigênio, as energias biológicas, o calor ou o frio. Isso faz parte do acervo da cultura universal, isto é, conceitos e práticas herdadas de geração em geração.

EXCELENTE ATENDIMENTO

Mais de 70 licenciados em tecnologia da saúde executam os programas de reabilitação no Centro Internacional de Saúde La Pradera, alguns fundadores como a técnica Maritza Recio Hernández, que trabalha no ginásio de adultos e se desempenha como especialista principal da área.

Ela assinala que ao receber os pacientes, elaboram um horário de rotação pelas diferentes terapias, que compreende a manhã e a tarde. São adotados ciclos de 24 sessões e depois se realiza uma primeira avaliação para aplicar mais, se for necessário.

Acrescenta: «Nós interagimos com os pacientes com muita cordialidade e a relação se transforma em uma grande amizade. Recebi casos remetidos por neurologia e ortopedia, impossibilitados de deslocar-se e serem independentes. Treinamo-los com muita paciência e a gente se sente feliz ao vê-los caminhar. Conseguimos uma socialização coletiva, inclusive com o acompanhante, que é muito positiva para a melhoria dos pacientes».

Outro fundador, Néstor Mora Alfonso, de-sempenha-se como chefe da Área e teve o privilégio de conhecer pessoalmente o Comandante-em-chefe Fidel Castro e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que visitaram várias vezes o lugar. Também personalidades da cultura e os esportes como o futebolista argentino Diego Armando Maradona, que recebeu tratamento na instalação.

Indica que no serviço se promovem a ginástica coletiva, a prática dos esportes ao léu e os jogos didáticos para crianças. Incentiva-se, também, a capacitação especializada do pessoal técnico em terapias novas praticadas no mundo. Eles acompanham os pacientes por mais de seis horas por dia, em diferentes sessões de exercícios.

Por seu lado, as jovens Tania Fajardo Vicario, Daysi Pérez Morales e Wendy Sosa Carrero lembram gratas histórias da recuperação de seus pacientes, talvez já esqueçam alguns nomes, mas mencionam casos notáveis de crianças tristes, com deficiências motoras e dependentes de seus familiares para realizar funções vitais. A maioria foi embora andando por seus pés, socializados e com desejos de desenvolver uma vida plena.

Assim o testemunha a panamenha Fatima Batista Lezcano que atende sua filha de 16 anos de uma paraplexia e expressa que percebeu mudanças na postura, no controle muscular, no equilíbrio e na coordenação dos movimentos, depois de iniciado o tratamento. Ela avalia de excelente o atendimento oferecido a sua menina, porque recebe uma terapia integradora, que inclui diversos aparelhos, meios e técnicas.

Similar critério transmite o venezuelano Mario Daniel Ramones Vera, com uma contusão medular, produzida por um acidente rodoviário. Também o mexicano Benito Mirón Lince se recupera de lesões na região lombar, causada pelo esporte de alto rendimento. Entretanto, o espanhol Juan Sánchez Rodríguez se recupera de uma hemiplexia.

Todos eles desejaram deixar exposto nesta publicação suas melhorias, conseguidas graças à paixão e à tenacidade do pessoal consagrado de La Pradera. A estes trabalhadores desejaram uma longa permanência para continuar ajudando mais pessoas.