ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: del autor

JAGUEY GRANDE.— O primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, qualificou de alentadores os resultados produtivos da Empresa Agroindustrial Victoria de Girón, em Matanzas e comentou que isso demonstra que a Empresa Estatal Socialista pode ser eficiente e afiançar seu progresso ano após ano.

Apreciou a recuperação gradual dos laranjais em Matanzas, plano concebido por Fidel em 1967 e que depois acompanhou de perto com especial atenção.

Armando Perdomo García, diretor-geral da referida entidade, lembrou que a empresa completa cinco décadas de criada no próximo mês de junho e que graças ao seu vertiginoso crescimento suas áreas abrangem quatro municípios.

Em prol de vencer a batalha aos efeitos da doença conhecida como huanglongbing, os citricultores dessa província acometem um plano de plantio de mil hectares por ano para repor as áreas mais velhas e danadas. Até a data plantaram mais de sete mil hectares e o propósito é chegar, nos próximos anos, a um total de 15 mil.

Durante sua visita, Díaz-Canel louvou o programa de diversificação de culturas dessa empresa, o qual se resume na produção de mais de 2 000 toneladas de vegetais nas estufas, com destino basicamente para o turismo; um amplo leque de frutas e o desenvolvimento pecuário.

«Seu alcance econômico, experiência, estabilidade da força de trabalho, colocação e facilidade de comunicação e a proximidade de importantes polos turísticos, são motivos suficientes para estamos contentes do impulso da empresa», significou Díaz-Canel. Nesse sentido falou acerca da conveniência de automatizar e informatizar todos os processos e fazer um novo design da indústria processadora.

Em um diálogo com diretivos e trabalhadores do Combinado Industrial Héroes de Girón, também apreciou os avanços experimentados pela Empresa Agroindustrial de Grãos de Matanzas.

Outro ponto do percurso foi o moinho de arroz da localidade de Amarillas, no município Calimete, para conhecer sobre os empreendimentos no programa de produção de arroz.

Acompanhado por Teresa Rojas Monzón, primeira secretária do Partido em Matanzas, e Tania León Silveira, presidenta da Assembleia Provincial do Poder Popular, Díaz-Canel visitou a escola pedagógica Roberto Coco Peredo, no município de Colón, onde teve uma troca de impressões com funcionários do setor educacional.