ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Ismael Batista

O ato comemorativo do 60º aniversário do assalto ao Palácio Presidencial e a ocupação de Radio Reloj foi realizado, em 13 de março, no Museu da Revolução, com a presença do primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros e membro do Bureau Político, Miguel Díaz-Canel Bermúdez.

Um grupo de sobreviventes daquelas ações combativas, entre os que se encontrava o combatente do Exército Rebelde Faure Chomón, receberam reconhecimentos especiais em nome da juventude cubana, das mãos de Jennifer Bello, presidenta nacional da Federação de Estudantes Universitários (FEU).

Na homenagem participaram, ainda, Olga Lidia Tapia Iglesias, membro do secretariado do Comitê Central do Partido; Roberto Montesinos Pérez, chefe do Departamento de Cultura e Propaganda do Comitê Central; José Carrillo Gómez, presidente da Associação de Combatentes da Revolução Cubana; Susely Morfa González, primeira secretária da União dos Jovens Comunistas e outros líderes do Partido, o governo e as organizações de massa.

Na manhã, na cidade de Cárdenas, centenas de moradores prestaram tributo ao líder estudantil José Antonio Echeverría, aquele jovem que, como disse Fidel, é símbolo de abnegação e sacrifício.

A homenagem também foi para os companheiros de luta, por ocasião do 60º aniversário do assalto ao Palácio Presidencial e a ocupação de Radio Reloj.

No panteão que guarda os restos de José Antonio Echeverría foram depositadas oferendas florais do general-de-exército Raúl Castro, primeiro secretário do Comitê Central do Partido e presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros; do povo cubano, o Conselho de Estado e da FEU.

Na cerimônia efetuada fora do cemitério, presidida por Teresa Rojas Monzón, primeira secretária do Partido em Matanzas, o estudante universitário Adrián Villa Lavín destacou o espírito inquebrantável do eterno presidente da FEU e daqueles jovens que lutaram contra a tirania de Batista e cujo exemplo, disse, é um legado permanente para as novas gerações.

Temos o compromisso de ser também consequentes com nosso tempo e sabemos que em nossas salas de aula universitárias contamos com muitos jovens iguais que Mella, José Antonio e dos membros do Diretório Revolucionário (DR), afirmou Jennifer Bello.

No ato marcou presença Otto Hernández, combatente do DR e sobrevivente do episódio de 13 de Março.