ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Froilán Parra

HAVANA.— O futuro das fontes renováveis de energia (FREs) em Cuba e o resto do Caribe será debatido em um importante foro que terá lugar em Havana, de 31 de maio a 2 de junho vindouros.

A 9ª Conferência Internacional de Energia Renovável, Poupança de Energia e Educação Energética (CIER 2017), examinará a utilização eficiente das FREs e a procura de novas formas de empregá-las, assegurou o engenheiro Joel Morales Salas, presidente do Comitê Organizador do encontro.

O objetivo é alcançar maior porcentagem de injeção à rede elétrica.

Precisou que o hotel Habana Libre, em Havana, acolherá os delegados de inúmeras nacionalidades, os que confirmaram sua assistência ao encontro, patrocinado pelo Centro de Estudos de Tecnologias Energéticas Renováveis (CETER).

Qualificou o encontro como um excelente palco para compartilhar experiências e criar sinergias frente ao desafio de conseguir um desenvolvimento energético sustentável e destacou que o lema que preside o evento é ’O Caribe procurando cem por cento com Fontes Renováveis de Energia’.

CETER pertence à Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Tecnológica de Havana José Antonio Echeverría, e organiza o evento em coordenação com a Associação Mundial de Energia Eólica, a Sociedade Cubana para a Promoção das FREs, o Ministério da Educação Superior e a União Nacional de Arquitetos e Engenheiros da Construção.

Durante essas jornadas serão efetuados, ainda, vários workshops internacionais dedicados à energia eólica, o hidrogênio como combustível alternativo, a energia solar fotovoltaica e biomassa e se refletirá em torno à gestão, eficiência e poupança de energia.