ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

HAVANA.— A Primeira Convenção de Comércio debaterá acerca da importância do setor no desenvolvimento econômico de Cuba, a partir da atualização dos novos modelos de gestão.

Mirelys González Batista, especialista principal em Mercadotecnia, declarou à imprensa que o encontro, previsto de 15 a 19 de maio próximo no Palácio de Convenções de Havana, tratará sobre as diferentes formas de gestão que hoje convivem no comércio, a gastronomia e os serviços.

«A Convenção, disse, está inserida dentro dos desafios e perspectivas do comércio sustentável e concebida como uma atividade científica na qual se desenvolverão vários eventos.

Entre estes mencionou o colóquio sobre Mercadotecnia, comunicação e imagem; os simpósios de qualidade, inocuidade, meio ambiente e proteção ao consumidor, de logística sustentável e de cosmetologia, e o workshop de gastronomia e arte culinária.

Paralelamente a esses encontros serão efetuados lançamentos de livros, uma feira expositiva, desfiles de modas, uma exposição culinária de cozinha cubana e artística e um percurso por estabelecimentos da rede de comércio de Havana.

«A Primeira Convenção de Comércio, precisou González Batista, é organizada pelo Ministério do Comércio Interior e seu Centro de Pesquisas e Desenvolvimento».