ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

HAVANA.– Com os jovens, como protagonistas, em 19 de maio terá lugar uma acampada gigante, para honrar o Herói Nacional José Martí, no 122º aniversário de sua morte em combate.

Playita de Cajobabo, em Guantánamo; a chácara El Abra, na Ilha da Juventude; e em Dos Ríos, na provincia de Granma, onde perdeu a vida, em 19 de maio de 1895, são algumas das paragens escolhidos, confirmou Yusuam Palacios Ortega, presidente do Movimento Juvenil Martiano (MJM).

Entre as locações mencionou, ainda, as chamadas florestas martianas, como a de Ariguanabo, no município de San Antonio de los Baños, em Artemisa, sede principal de uma jornada que será consagrada totalmente ao reencontro com a memória da nação cubana.

Em um diálogo com a ACN, Yosuam, também diretor da Fragua Martiana falou de excursões, rotas históricas, visitas a museus e outras iniciativas e ações dos clubes juvenis martianos e dos clubes patrióticos Amigos de Martí.

No amanhecer do dia 19 estarão reunidos em Dos Ríos uns vinte jovens das províncias de Guantánamo, Las Tunas, Santiago de Cuba, Granma e Havana, que desde o dia 30 de abril percorrem, não em tempo real, mas sim passo a passo, os 394 quilômetros do percurso final do Herói, a partir do desembarque, junto a Máximo Gómez, por Playita de Cajobabo.

Outras formas de honrar José Martí, segundo Palacios Ortega são os fóruns de base do 48º Seminário Nacional Juvenil de Estudos Martianos, e confirmou que justamente em 19 de maio, no Instituto Técnico Militar José Martí, na capital cubana, as Forças Armadas Revolucionárias realizarão seu encontro como instituição.

O MJM estará bem representado no Colóquio Internacional José Martí e o Caribe, de 17 a 19 próximos, no Centro de Estudos Martianos, significou, e não esqueceu o encontro-oficina ‘Ganémosla a pensamiento’, que terá lugar em Cienfuegos, nos dias 26 e 27 como epílogo do segundo concurso juvenil de ensaio, com o mesmo nome.

«O pensamento latino-americanista de Martí será um referente no Diálogo de Gerações durante todo este mês», explicou Palacios Ortega. E falou, também, de ‘Cuba en mi mochila’, outro importante projeto que acompanhará o processo de seleção em maio e junho, pela via direta, de delegados ao 19º Festival Mundial da Juventude e os Estudantes Sochi 2017, precisou o jovem jurista. (ACN)