ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Como parte do terceiro aperfeiçoamento do sistema nacional de ensino a partir de setembro em cada província o secundário fará mudanças em seu plano de estudos. Para os estudantes da sétima série se põe em prática um novo programa em que separa a disciplina Ciências Naturais em Biologia e Geografia. Photo: Jorge Luis González

FALTANDO poucas semanas para o fechamento do ano acadêmico 2016–2017, a Direção Nacional de Secundária Básica, do Ministério da Educação (Mined) divulgou como se comporta esse nível educativo.

Até abril a matrícula nacional era de uns 359.507 estudantes, que estudam em 1.180 escolas. Dos alunos que atualmente estudam a nona série, 42,43% continuará sua formação no ensino médio superior e 57,56% restante passará ao ensino técnico–profissional para preparar-se como técnicos médios e operários qualificados.

Atendendo às necessidades de força de trabalho em cada território, oferecem-se novas carreiras: professor de ensino secundário básico e professor de ensino técnico e profissional, ambos de nível médio.

Para os adolescentes que optem pela formação como operário qualificado as opções são: no ramo Agroindustrial, enrolador de charutos; em Indústria Química, Biologia, Açúcar e Alimentação, Marinheiro de Embarcação de Pesca, Química Industrial e Operário Integral na atividade do vidro; e em Mecânica, Metalurgia não ferrosa.

Como parte da continuidade de estudos neste nível, para cada estudante que conclui o ensino secundário básico o Estado garante uma vaga no nível educativo imediato.

A VOCAÇÃO E O APERFEIÇOAMENTO

No último ano deu resultados animadores a decisão de incluir no curso regular de secundário básico estudantes com necessidades educativas especiais, estejam ou não associadas a uma deficiência. Graças a esta medida atualmente uns 957 alunos com estas características estudam em escolas regulares.

Uns 359. 507 estudantes estudam no secundário básico neste ano letivo. O estado garante a continuidade dos estudos para todos os que concluem esse nível educativo. Photo: Julio Martínez Molina

A partir do incremento dos círculos de interesse, maior envolvimento da Educação Técnica e Profissional, o trabalho dos 115 palácios de pioneiros e dos organismos — refere a Direção Nacional de Secundária Básica — são evidenciados melhores resultados na formação vocacional e a orientação profissional dos adolescentes. Neste indicador também influi, favoravelmente, o trabalho dos 115 palácios de pioneiros que existem no país.

Como parte do terceiro aperfeiçoamento do sistema nacional de ensino, a partir de setembro em cada província uma escola secundária aplicará as mudanças que se propõem no Plano de Estudo: um currículo geral obrigatório e a construção de um currículo institucional, em função das necessidades de cada centro.

Na 7º série destas escolas se introduzem programas novos em todas as disciplinas. Também, como parte do aperfeiçoamento, separa-se a disciplina Ciências Naturais em Biologia e Geografia, potencia-se o ensino da Educação Cívica, o Inglês bem como o uso das Tecnologias da Informação e as Comunica-ções.

«Tudo o anterior» — ressaltam os dirigentes — «será explicado aos coletivos de docentes, estudantes e à família, que também deve colaborar dando seus critérios sobre o que se experimenta, para atingir um ensino secundário conforme às exigências da sociedade atual».

SEM ESQUECER AS PRIORIDADES

Se bem trabalhar pela qualidade do processo de ensino-aprendizagem, cumprindo as Diretrizes do Congresso do Partido Comunista de Cuba e dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 é a bússola do Mined, para o ano letivo 2017–2018 o nível educativo do Secundária Básico tem definidas suas metas.

Continuar aperfeiçoando a organização escolar, completar a cobertura docente, desenvolver a preparação metodológica e a superação dos docentes, bem como atender a aprendizagem dos estudantes que repetem e dos que reprovam os cortes avaliativos são as primeiras ações desta estratégia abrangentedora que se propõe tornar a escola o centro cultural mais importante da comunidade.

Também são vitais neste empenho o de-senvolvimento e acompanhamento da pesquisa nas escolas experimentais, para o aperfeiçoamento do nível educativo, o funcionamento dos laboratórios, mas, sobretudo, o trabalho com a família e o estudo da História, da obra de Martí e de Fidel e a Educação Cívica.