ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Foto: Romero Cruz, Yusmary

A capacidade de resposta do país diante da ocorrência de sismos de grande intensidade, furacões, secas severas e desastres de origem sanitária, tornou-se patente em 21 de maio, durante a jornada final do Exercício Popular das Ações em Casos de Desastres Meteoro 2017, efetuado em nível nacional no sábado e no domingo.

Nas quinze províncias e no município especial de Isla de la Juventud executaram-se diferentes ações demonstrativas focalizadas em reduzir vulnerabilidades em comunidades de alto risco e entidades econômicas e sociais, com ênfase na prevenção, como principal ferramenta para diminuir os prováveis impactos que tais contingências e outros eventos perigosos possam ocasionar.

Foto:  Yaimí Ravelo

Em Havana ressaltaram como principais ações a limpeza e retirada de escombros nas drenagens pluviais, feita em diferentes lugares do Vedado, uma das zonas mais afetadas historicamente pelas enchentes costeiras, e a poda de árvores.

Também realizaram-se trabalhos de saneamento de rios, eliminaram-se acumulações de desperdícios e lixeiras e a luta contra agentes transmissores de doenças em diferentes lugares da capital.

Foto: Yaimí Ravelo
Foto: Yaimí Ravelo