ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

HAVANA.– O 10º Congresso Internacional de Trabalho Social que se reunirá de 5 a 10 de junho, será dedicado ao líder histórico da Revolução Cubana, Fidel Castro, informaram os organizadores do evento, no qual participarão delegados de dez países.

«Seu conceito de Revolução, que deu a conhecer em 1º de maio de 2000, na Praça da Revolução José Martí, está implícito no trabalho que diariamente fazemos», disse à Prensa Latina Milagro de la Caridad García, membro do comitê organizador do encontro.

«A prática de nosso trabalho tem a ver com a solidariedade, altruísmo, sentido de pertença, tratar os demais como seres humanos, respeito e tolerância», acrescentou Milagro, que também é secretária da Sociedade Cubana de Trabalho Social.

«Não de balde ele nos chamou de Os médicos da alma, e continuaremos sendo-o com amor, paixão, consagração, sentido de pertença e cumprindo suas ideias».

Segundo disse García, além de nosso Comandante-em-chefe, homenagearemos a figura de Celia Sánchez, um fiel exemplo na Ilha dessa profissão que promove a justiça social, direitos humanos, responsabilidade coletiva e o respeito à diversidade.

No contexto do encontro também terá sessões o 10º Congresso Nacional de Trabalho Social e o 4º Congresso Nacional e Internacional de Reabilitação Sociocupacional.

A propósito da agenda da delegação cubana, expressou que a ocasião será propícia para apresentar as experiências do trabalho social no campo com grupos vulneráveis, como idosos e deficientes físicos.

Da mesma forma, acrescentou, os delegados estrangeiros conhecerão detalhes sobre nossa ação em nações como a Colômbia, México, Suécia, Chile, Estados Unidos e outras.

Prévio aos eventos, prestigiosos acadêmicos ministrarão cursos na sede do Conselho Nacional de Sociedades Científicas da Saúde, em Plaza de la Revolución.