ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
No dia 14 de junho os pioneiros realizaram sua mudança de atributo e vários jovens receberam sua carteirinha da UJC. Photo: Freddy Pérez Cabrera

SANTA CLARA.— Uma gigantesca marcha protagonizada pela juventude de Santa Clara evocou o Comandante Ernesto Che Guevara e o lugar-tenente general Antonio Maceo no aniversário de seus natalícios.

A caminhada que a encabeçaram centenas de estudantes e trabalhadores da Universidade Central Marta Abreu de Las Villas, os quais envergavam a réplica da boina do Che Guevara, símbolo de combate da província, concluiu no Complexo Escultórico que leva o nome do herói da baralha de Santa Clara, lugar onde um grupo de crianças recebeu seu lençol vermelho pela mão dos pais, entretanto outros jovens mereciam a condição de militantes da União de Jovens Comunistas.

Jerónimo de Souza, secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), quem preside uma delegação que há vários dias visita nosso país, marcou presença na homenagem e prestou tributo especial ao Guerrilheiro Heróico.

Perante o nicho que guarda os restos do Che, De Souza, que assistiu acompanhado pelo primeiro secretário do comitê provincial do Partido em Villa Clara, Julio Lima Corzo, colocou uma oferenda floral e permaneceu profundamente em silêncio como mostra de respeito pelo Herói da Quebrada del Yuro e seus companheiros caídos na gesta boliviana.

Segundo declarações à imprensa, disse sentir-se emocionado por esse momento em que pela primeira vez, teve a possibilidade de ficar junto ao Che Guevara, uma figura à qual considera paradigma de todas as causas juntas do mundo e fonte de inspiração para continuar a luta nos recantos do mundo todo.

Assinalou que o Guerrilheiro Heroico vive mais que nunca e caso estiver presente veria com satisfação que a Revolução Cubana vive e se dispõe a travar batalha contra todas as sombras negras que persistem no horizonte, as que impõem uma grande solidariedade entre as forças revolucionárias do mundo, como ensinou o comandante Guevara, asseverou o dirigente comunista.