ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Modesto Gutiérrez

HAVANA.– Com a presença de José Ramón Machado Ventura, segundo secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba e vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, foi inaugurado o 14º Congresso Internacional sobre cana de açúcar e derivados (Diversificación 2017).

Machado Ventura assistiu ao encontro, que se reunirá até a próxima sexta-feira, 30 de junho, no local de feiras de Pabexpo, acompanhado de diretivos do Grupo Açucareiro Azcuba e José Oribe Vides, diretor executivo da Organização Internacional do Açúcar (OIA).

Em declarações exclusivas à ACN, Oribe Vides opinou que é imperativo o fato de avançar no país em um uso maior e eficiente dos derivados da cana, ao se referir aos álcoois e bebidas, alimento animal e outros produtos.

O diretivo da OIA ministrou a primeira palestra do Congresso. Por seu lado, Noel Casañas Lugo, vice-presidente do Grupo Empresarial Azcuba, em uma intervenção especial ofereceu um panorama de desenvolvimento perspectivo sobre a base da diversificação da indústria açucareira.

Pelo menos 700 delegados de 25 países assistem ao 14º Congresso Diversificação 2017, no qual o engenheiro Arodis Caballero Núñez, presidente do seu comitê organizador, denunciou o impacto daninho do bloqueio econômico, financeiro e comercial dos EUA contra Cuba.

O evento tratará de temas relacionados com os avanços na tecnologia açucareira, eficiência industrial, energia a partir da biomassa, álcool e bebidas, alimento animal e agricultura da cana.

Os debates também serão sobre gestão da qualidade e o meio ambiente, redes produtivas e de valor, administração e gestão tecnológica e biopraguicidas.

Inclui uma feira comercial e um foro de negócios de investimentos com capital estrangeiro, exportação de produtos, serviços, equipamentos e tecnologias. (ACN)