ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
«É preciso continuar formando as novas gerações no sentido de que o que aspiramos somente pode ser atingido através de nosso compromisso e nosso esforço», declara o doutor em Ciências Paúl Torres Fernández, porta-voz do Ministério da Educação. Foto: www.cubaeduca.cu

OS educadores e estudantes cubanos reafirmam o caráter socialista da Revolução Cubana e o papel do Partido Comunista como força dirigente superior da sociedade e do Estado.

Com esta premissa e em apoio aos documentos aprovados na passada Reunião Plenária do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba (PCC) e respaldados pela Assembleia Nacional do Poder Popular (Parlamento), o Ministério da Educação (Mined) desenhou um Plano de Comunicação sobre a Conceituação do Modelo Econômico e Social de Desenvolvimento Socialista, as Bases do Plano Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social até o ano 2030 e as novas modificações das Diretrizes da Política Econômica e Social do Partido e a Revolução.

O Ministério da Educação desempenha um papel de ator no desenvolvimento das novas gerações. Daí a importância que se confere a fortalecer as convicções revolucionárias entre trabalhadores e estudantes vinculados à atividade educativa do país.

No teor das decisões recentemente aprovadas no Parlamento, o Mined tem entre suas prioridades promover um estado favorável de confiança e otimismo em torno da Revolução e o trabalho que vêm realizando o Partido e o Governo com o povo, neste processo de renovação da sociedade.

CONTAR COM OS JOVENS

Sempre foi um sinal característico da Revolução que cada decisão importante na Ilha seja adotada depois de um debate coletivo e da participação em massa da população e dos jovens, os quais são chamados a ser partícipes da atualização do modelo econômico e Social sem que a visão de país esteja em contradição com o projeto pessoal e familiar.

«Evidentemente, estes documentos apontam a um projeto de nação, mas é importante a partir de nossa perspectiva como Organismo da Administração Central do Estado especialmente responsabilizado com a educação das novas gerações, que estas crianças, adolescentes e jovens consigam tornar visível — através dos debates, as consultas e as refle-xões que realizemos junto com eles e seus docentes e familiares — que é possível articular o projeto pessoal e familiar com esse projeto de nação», refere o doutor em Ciências Paúl Torres Fernández, vice-diretor geral do Instituto Central das Ciências Pedagógicas e porta-voz do Mined.

«Esse — continua o funcionário — é um elemento importante porque em boa medida disso depende a sustentabilidade da Revolução, na medida de que sejamos capazes de que nossos jovens, as novas gerações vejam e compreendam que ambos os tipos de projetos são perfeitamente compatíveis e necessários para nossa sobrevivência como nação independente e soberana».

AO TRABALHO SEU VALOR

Reforçar nos jovens a importância do trabalho em seu sentido ético e prático, bem como o significado da contribuição individual e coletiva para obter resultados, é outra das estratégias imediatas do Mined.

Para consolidar o trabalho como a fonte principal de riquezas, é necessário continuar fortalecendo o credo pedagógico de que nada educa mais que o trabalho.

«É preciso continuar formando as novas gerações no sentido de que o que aspiramos somente pode ser atingido através de nosso compromisso e nosso esforço; do trabalho, da contribuição individual e coletiva», enfatiza o doutor Torres Fernández.

No sentido de dar continuidade ao estudo do pensamento de Fidel Castro Ruz, desde fins de agosto até dezembro o Mined prevê incorporar a análise da Conceituação do Modelo Econômico e Social de Desenvolvimento Socialista; das Bases do Plano Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social até 2030, e das Novas Modificações das Diretrizes da Política Econômica do Partido e a Revolução.

Esta atividade será realizada mediante workshops em todas as províncias, nos quais participarão diretivos, líderes, professores e estudantes e contará de material audiovisual e multimídia produzido pela Cinesoft (Empresa de Informática e Meios Audiovisuais, pertencente ao Mined). Ainda, será um tema permanente nos programas de preparação dos dirigentes o estudo e análise destes documentos.

O COMPROMISSO

As decisões aprovadas recentemente pelo máximo órgão de governo apontam a uma estratégia de longo prazo de sobrevivência da Revolução e de nossa independência como nação, o que implica o envolvimento de todos os organismos, organizações e setores da sociedade.

Já o Ministério da Educação, através do seu porta-voz, manifestou seu compromisso de apoiar e dar impulso às decisões fundamentais e estratégias que foram sendo adotadas no país.

«Estamos determinados como organismo e aspiramos a que nossos docentes e nossos estudantes nos apoiem nesse compromisso com o país e com o desenvolvimento revolucionário. Mais do que comprometer-nos, desdobraremos um grupo de ações que ajudem a ganhar consciência sobre a necessidade dessas transformações e do apoio de todo nosso povo a elas».