ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Yander Zamora

COM manifestações da arte e o cotidiano dos jovens cubanos, a Ilha comemorará o Dia Internacional da Juventude, no próximo 13 de agosto, que este ano lembrará o 60º aniversário do assassinato dos Irmãos Saíz

Em momentos em que se propõe esquecer nossa história, os jovens lembraremos Sergio e Luis Saíz, assassinados em 13 de agosto de 1957 por ordem do ditador Fulgencio Batista, assegurou à mídia, na terça-feira, 9 de agosto, o chefe da Seção de Comunicação do Comitê Nacional da União dos Jovens Comunistas (UJC), Asael Alonso Tirado.

Na sexta-feira, 11 de agosto, na véspera do Dia Internacional da Juventude, o cantor Paulo FG oferecerá um concerto na Tribuna Antiimperialista José Martí, na capital, junto aos finalistas da segunda temporada do projeto «Sonando en Cuba». O encontro porá fim a sua turnê nacional pelo verão 2017.

Entre outras atividades, durante o próximo fim de semana foram programados eventos artísticos e esportivos, além de visitas a locais históricos.

O município de San Juan y Martínez, em Pinar del Río, será a sede central da comemoração. «Ali, entre outras atividades, foi organizada a visita à casa-museu Irmãos Saíz Montes de Oca», explicou o chefe da Seção de Comunicação do Comitê Nacional da UJC.

A Associação Irmãos Saíz será a grande protagonista da comemoração e um grupo de representantes dessa instituição escalarão, como é tradição cada 13 de agosto, o emblemático Pico Turquino, ponto mais elevado da Ilha, informou.

No domingo, 13 de agosto, também «será visitada em Holguín a casa natal do Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, em Birán, bem como outros locais históricos da província», disse Alonso.

Neste dia, concluirão na capital e no município especial Ilha da Juventude os festivais provinciais da Juventude e os Estudantes, o que põe fim ao processo de seleção de delegados ao encontro mundial juvenil que terá lugar em Sochi, Rússia, em outubro deste ano.