ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Em diferentes lugares na cidade podem-se ver as duas bandeiras de grande tamanho. Photo: Eduardo Palomares

SANTIAGO DE CUBA.— Milhares de cidadãos da província de Santiago de Cuba comemoraram o 91º aniversário do eterno Comandante-em-Chefe Fidel Castro Ruz através de um amplo programa que prestou homenagem e teve a mais alta expressão perante o monumento de pedra que guarda suas cinzas no cemitério de Santa Ifigenia.

Cedo na manhã, foi hasteada a bandeira cubana junto à do M-26-7, ambas medem cinco metros de largura e dez de comprimento, pois são as de maior tamanho neste território e ondeiam sobre hastes de 25 metros de altura, localizados na íngreme de porto Boniato, justamente no lugar onde Fidel falou ao povo em sua primeira eleição como deputado ao Parlamento cubano.

Um percurso encabeçado pelo Primeiro Secretário do Partido de Santiago de Cuba, Lazaro Exposito Canto e a presidenta da Assembleia Provincial do Poder Popular Beatriz Johnson Urrutia, pôde constatar da cêntrica praça de Marte, como 15 instalações  antigas de uso administrativo foram transformados para oferecer diversos serviços e contribuir ao desfrute das pessoas com opções gastronômicas e de lazer.

Na sede da Assembléia Municipal do Poder Popular, antiga prefeitura onde Fidel proclamou em 1 de Janeiro de 1959 o triunfo da Revolução, foi inaugurada a exposição O Cavalo, pelo Prêmio Nacional de Artes Plásticas, Nelson Domínguez, e o fotógrafo e pesquisador Vicente González.

Para fechar a emotiva jornada, membros de La Colmenita presentearam ao inesquecível líder da Revolução Cubana um espetáculo sob nome A Colmeia te vê, que com os melhores momentos da companhia, teve como palco o polígono do antigo quartel Moncada, atacado pela geração do centenário do Apostole encabeçada por Fidel.

"Igualmente há um ano, em seu 90ª aniversário, dedicamos uma sala de aula martiana, mas também, quisemos presentear-lhe outra sala de aula martiana ao melhor aluno de José Martí, e quisemos atribuir-nos, em nome de todas as crianças, a faculdade de entregar o melhor de nossos corações para o pai de todos os cubanos, Fidel», expressou diretor dessa companhia, Carlos Alberto Cremata.

PATRIÓTICA JORNADA EM BIRAM

Biram, terra onde nasceu há 91 anos o líder da Revolução Cubana, Fidel Castro Ruz, respira patriotismo, lealdade e amor cubano em homenagem perpétua para um dos maiores homens que tem dado a humanidade. Nesse lugar, grupos de jovens e moradores do lugar desenvolveram múltiplas atividades políticas e patrióticas para comemorar a data.

Na manhã do domingo, novos membros da União de Jovens Comunistas receberam a carteirinha que os credencia militantes da organização. Além disso, foi entregue a medalha do 55º Aniversário dessa organização. Entre os eles se deu a conhecer a Dr. Pura Aviles, Herói do Trabalho da República de Cuba e consagrada especialista em medicina do hospital Vladimir Ilich Lênin, em Holguín.

Biran terra também general-de-exército Raúl Castro Ruz, Presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, voltou a transcender no dia 13 de agosto, como o lugar de história e raízes patrióticas, onde se cultivou sempre as passagens de Fidel, homem excepcional e grandeza universal para o benefício daqueles que amam a paz e lutam pelo progresso da humanidade.

A atividade político-cultural em homenagem ao 91º aniversário de Fidel em seu histórico Biran, também contou com a atuação da companhia infantil Ronda de Los Sueños, Holguín, enquanto o pioneiro Mabel Quevedo, da escola 6 de agosto reiterou o amor entranhável que cultivam as crianças e o povo de Cuba ao líder da Revolução cubana. (Informações da ACN)