ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
INSMET Photo: 5daysforthecuban5.com

Às 9h00 desta sexta-feira o centro do furacão Irma foi estimado nos 21.9 graus de latitude Norte e os 74.9 graus de longitude Oeste, posição que o situa a uns 115 quilômetros ao nordeste de Punta Lucrecia, província Holguín e a uns 365 quilômetros ao leste do Ilhéu Coco, província Ciego de Ávila, registra o Instituto de Meteorologia de Cuba

O furacão foi diminuindo seus ventos máximos sustentados até 240 quilômetros por hora, com rajadas superiores e sua pressão mínima baixou até os 927 hectoPascal, contudo, se mantém como um intenso furacão categoria 4 na escala Saffir-Simpson.

Irma se desloca ao oeste noroeste a 26 quilômetros por hora, atravessando pelos mares ao norte da região oriental de Cuba desde o fim da madrugada de hoje. Segundo o relatório de Meteorologia, as bandas de alimentação prejudicam a região oriental com chuvas fortes e intensas, principalmente em zonas da costa norte.

Na estação meteorológica de Punta de Maisí se registravam ventos máximos sustentados de 60 quilômetros por hora, com rajadas de 79 quilômetros por hora e enchentes costeiras desde Gibara até Baracoa com uma altura das ondas entre quatro e cinco metros.

Espera-se que na medida em que o furacão se desloque haverá «fortes marejadas com enchentes costeiras no litoral norte oriental, que se estenderão à região central onde chegarão a ser fortes desde o fim da tarde pudendo alcançar a altura das ondas entre cinco e oito metros. No trecho de Cabo Cruz a Punta Maisí haverá marejadas com altura das ondas entre dois e três metros.