ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

HAVANA.– Acadêmicos, pesquisadores e estudantes de mais de vinte países se reúnem desde 20 de novembro, no Palácio das Convenções de Havana para debater temas ligados ao desenvolvimento agrário e rural, produção e bem-estar animal, meio ambiente e mudanças climáticas.

No Congresso Internacional das Ciências Agropecuárias, Agrociências 2017, o qual se estenderá até o próximo dia 24 de novembro, na capital, os delegados trocarão experiências, ainda, acerca da formação e atuação do profissional agropecuário, genética e engenharia agrícola e biossistemas.

Na abertura do evento, Adianez Taboada, presidenta do Comitê Organizador, ressaltou o papel desempenhado pelo Comandante-em-chefe Fidel Castro no avanço da agricultura e a pecuária cubanas, a partir da ciência, a tecnologia e a inovação.

Mario Pablo Estrada, diretor de Pesquisas Agropecuárias do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia, ministrou uma palestra magistral sobre o avanço do país na área das pesquisas, na qual se referiu às vacinas obtidas para controlar os carrapatos, bem como outros fármacos encaminhados à erradicação de doenças em diferentes espécies.