A FEU no caminho da Pátria › Cuba › Granma - Organo ufficiale del PCC
ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Foto: Roberto Abreu Photo: Granma

Julio Antonio Mella pôs seu credo em obras benéficas para a Pátria, animado pela nobre e justa razão de que «por ela trabalhamos, para ela nascemos». Com esse espírito fecundo, pôs a Cuba no lado esquerdo do peito, há 95 anos, à Federação Estudantil Universitária (FEU), a mesma que Fidel entendeu e defendeu como forja de revolucionários e aonde sempre foi à procura do alento renovado para empreender novas batalhas.

Por isso, no sábado 17 de dezembro, os jovens que celebraram o privilégio de ser herdeiros de uma força unitária movida pelas maiores causas, puseram no centro das suas emoções e compromissos o legado destes dois homens excepcionais, aos quais devem não só o passado, mas também o caminho cheio de esperanças de uma Revolução que há que cuidar e fazer crescer.

Também ao primeiro e segundo secretários do Partido Comunista de Cuba, o general-de-exército Raúl Castro, e José Ramón Machado Ventura, dois dos mais fiéis continuadores de Mella e Fidel nesta batalha sem limites do povo pelo caminho libertário e antiimperialista, a FEU decidiu entregar-lhes a carteirinha de membros de Honra, uma distinção com a qual enaltecem a organização e aos quais a partir de suas fileiras devem continuar honrando, como o fazem eles com seu exemplo e dedicação extraordinárias à nação cubana.