Não cruzar os braços em presença das afetações pela umidade › Cuba › Granma - Organo ufficiale del PCC
ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
As intensas chuvas afetam a indústria açucareira. Photo: Granma

GRANMA.— A indústria açucareira não pôde desistir devido à umidade, que é um problema generalizado no país. Devem ser drenados os terrenos — com enxadas rotativas caso for preciso — melhorar a terra, limpar e reparar em prol da eficiência.

É preciso aproveitar todo o tempo possível que permitam criar as condições quando esteja melhor o clima.

Assim arguiu o segundo-secretário do Comitê Central do Partido, José Ramón Machado Ventura, que avaliou nesta província oriental as afetações que em relação à produção açucareira provocaram as intensas chuvas.

Orientou redesenhar responsavelmente as estratégias, pensadas e coordenadas coletivamente, segundo os problemas específicos do território, «para maximizar o trabalho e salvar tudo o que se puder, sempre pensando em ganhar, nunca perder realizando coisas que gerem mais gastos do que dividendos».

O também vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros assinalou que as usinas açucareiras ainda por começar devem ficar à espera das condições que permitam produções rentáveis, e valorizou que depois de reiniciados os cortes de cana não se pode descuidar um átimo a limpeza desta.

«Muitas vezes, no corte manual, a cana é cortada tão rente que tem cepa; no processo de colheita mecanizada, por ganhar tempo e dinheiro, o operário realiza a colheita rápida e se envia com toco e outras impurezas à usina.

«Isso prejudica muito o rendimento industrial e afeta a qualidade final do açúcar, que então perde a condição de produto exportável», arguiu.

Machado Ventura analisou estas causas com dirigentes das cinco usinas açucareiras de Granma, destacando a necessidade de cumprir também os planos de plantação, com o objetivo de ter a matéria-prima suficiente para que a próxima safra tenha um incremento produtivo em volumes e rendimentos.

Acompanhado pelo primeiro-secretário do Partido em Granma, Federico Hernández e o presidente da Assembleia Provincial do Poder Popular Manuel Sobrino, o vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros visitou, aliás, outros objetivos agropecuários vinculados a cultivos vários e a produção de aves.