Cuba indica e aposta nos candidatos do povo › Cuba › Granma - Organo ufficiale del PCC
ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Ricardo López Hevia

DURANTE as reuniões extraordinárias das 168 assembleias municipais (governos) do Poder Popular foram aprovadas, sendo um exercício democrático e de todo o povo, as listas de candidatos a delegados provinciais e deputados para integrar a Assembleia Nacional, como outro avanço no processo de eleições gerais em Cuba, que culminará em 19 de abril.

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros de Cuba, general-de-exército Raúl Castro, foi proposto como candidato para deputado da Assembleia Nacional do Poder Popular (Anpp) pelo município Segundo Frente, na província de Santiago de Cuba, durante a sessão extraordinária que teve lugar na sala de cinema Los Andes, do município Mayarí Arriba.

A proposta do general-de-exército como candidato foi apoiada unanimemente pelos 79 delegados eleitos pelo povo de Santiago de Cuba, em suas respectivas circunscrições.

Outros companheiros e companheiras valiosos nesses territórios, com uma destacada trajetória revolucionária e de trabalho, foram eleitos como candidatos para fazer parte da Assembleia Provincial do Poder Popular.

Por sua parte, o segundo-secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba e vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, José Ramón Machado Ventura, foi proposto candidato para deputado da Assembleia Nacional no distrito eleitoral número 2, do município de Guantánamo.

Nas reuniões extraordinárias das dez Assembleias Municipais do Poder Popular da província de Guantánamo foram propostos, no total, 75 candidatos para delegados da Assembleia Provincial e 31 deputados para o Parlamento os quais, a partir de agora, vão conversar com os eleitores nos bairros, locais de trabalhos e escolas, cooperativas e unidades militares.

«Este processo constitui uma expressão do compromisso de nosso povo com os líderes da geração histórica que fez a Revolução», indicou no domingo, 21 de janeiro, o primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez.

Díaz-Canel, também membro do Bureau Político do Comitê Central do Partido participou da sessão extraordinária da Assembleia Municipal do Poder Popular de Santa Clara, em Villa Clara, território onde foram propostos 25 candidatos para delegados da Assembleia Provincial e 12 deputados para a Assembleia Nacional do Poder Popular, entre os quais ele foi um dos indicados.

«Na candidatura apresentada há pessoas que vimos crescer em nossa sociedade e cumprir as responsabilidades que desempenham, e há companheiros que dedicaram sua vida à Revolução; e impacta também que haja muitos jovens nascidos depois de 1º de janeiro de 1959, conseguindo-se uma conformação de homens e mulheres do povo, nos quais esse povo confia para que os represente», expressou Díaz-Canel.

Para Esteban Lazo Hernández, presidente da Assembleia Nacional (Parlamento), a próxima legislatura do Parlamento cubano tem uma alta responsabilidade, pois deve permitir a continuidade do desenvolvimento do modelo econômico e social, no momento histórico que vive o país.

Lazo, também membro do Bureau Político do Comitê Central do Partido participou da primeira reunião extraordinária da Assembleia Municipal do Poder Popular de Arroyo Naranjo, em Havana, na qual foi ratificado como candidato para deputado representando esse município.

Na sessão extraordinária da Assembleia de Manzanillo foram aprovados 13 candidatos para delegados do Governo na província Granma, no entanto foram escolhidos seis deputados para o Parlamento.

Em Las Tunas, depois de um exaustivo trabalho das Comissões de Candidatura em nível provincial e municipal, «resultaram propostos 27 candidatos para integrar o Parlamento, dos quais seis são de ascensão nacional, oito de ascensão provincial e 13 do território. No caso da Assembleia Provincial foram 75 os candidatos», explicou ao jornal Granma a presidenta da Comissão de Candidaturas na província Elena Chagues Leyva.

Conformam as propostas dos candidatos para deputados, aprovadas entre as 14 assembleias municipais do Poder Popular de Holguín, uma mistura de jovens, trabalhadores, camponeses e membros das diferentes instituições.

No caso dos candidatos para a Assembleia Provincial, predomina a presença da mulher, e, aliás, 78% dos 103 indicados tem nível universitário.

Na província de Camaguey, entre os propostos há professores, médicos, juristas, operários, camponeses, estudantes, militares, jornalistas, artistas, pesquisadores, líderes e inovadores, eles todos com méritos e resultados relevantes em suas respectivas profissões e, sobretudo, compromisso de servir ao povo.

A partir de um universo inicial de 929 pessoas propostas nas reuniões plenárias das organizações de massa, a comissão municipal de candidatura nesse território apresentou à sessão extraordinária do órgão territorial de governo uma seleção de 33 pré-candidatos para delegados provinciais e 16 deputados para a Assembleia Nacional.

«Esta Revolução é tão grande que aqui vemos, em iguais condições, um ministro e uma estudante de pré-universitário», expressou o vereador Ángel Aguilera, do conselho popular América Latina, desta cidade, aceitando as propostas apresentadas.

De Ciego de Ávila, Jorge Luis Delgado, vereador em vários mandatos na cidade capital desta província, asseverou que aqueles que forem eleitos em março têm a altíssima responsabilidade, durante cinco anos, de zelar que sejam cumpridas as Diretrizes da Política Econômica e Social do Partido e a Revolução, concretizadas no trabalho das entidades e organismos.

Ao mesmo tempo, em Sancti Spíritus, depois de um extenso e exaustivo processo de consultas, as oito assembleias municipais apoiaram as propostas de 25 candidatos para deputados e 76 para deputados da Assembleia Provincial.

Vereadores territoriais do Poder Popular, camponeses, trabalhadores do setor produtivo, representantes do movimento operário, líderes políticos e administrativos, educadores e intelectuais conformam os candidatos indicados, todos procedentes de uma integração donde igualmente predomina a dedicação ao trabalho e a preparação profissional.

Na sessão extraordinária das assembleias municipais do Poder Popular da província de Cienfuegos foram propostos, no total, 75 candidatos para delegados da Assembleia Provincial e 23 para deputados da Assembleia Nacional.

Por seu lado, os delegados das assembleias municipais do Poder Popular da província de Matanzas indicaram os 75 delegados para a Assembleia Provincial do Poder Popular e 42 para o Parlamento cubano.

O presidente da Comissão de Candidaturas no território José Joaquín Pérez Ortiz, destacou as qualidades políticas de cada um dos integrantes das 13 candidaturas aprovadas no domingo, 21 de janeiro, nas sessões extraordinárias das assembleias municipais, nas quais 40% são mulheres e se representam todos os setores da sociedade de Matanzas.

As comissões dos 11 municípios de Mayabeque também começaram no domingo, 21 de janeiro, as atividades da segunda etapa das eleições gerais 2017-2018.

Em Guines, município desse território, foram eleitos os candidatos para delegados das assembleias Provincial e Nacional do Poder Popular, com a presença do membro do Bureau Político e vice-presidente do Conselho de Estado Salvador Valdés Mesa, proposto candidato para deputado do Parlamento cubano.

Em Artemisa foram indicados os 26 candidatos para deputados e os 75 para vereadores, com 96,28% dos presentes. A partir da segunda-feira, 29 de janeiro, as biografias dos candidatos serão expostas nas 672 circunscrições da província, bem como em determinados locais de trabalho.

O doutor em Ciências Efraín Echevarría, um dos 75 candidatos para delegado da Assembleia Provincial de Pinar del Río, asseverou que este processo é um exemplo de democracia, que mostra a unidade do povo cubano.

Os delegados para a assembleia municipal do Poder Popular na Ilha da Juventude, indicaram os quatro candidatos para deputados que os representarão no Parlamento.

Este território, por sua característica insular, tem como máxima instância governamental uma Assembleia Municipal do Poder Popular, daí que no domingo, 21 de janeiro, ao contrário dos municípios do país, só fosse aprovada a candidatura para deputados da Anpp, esclareceram os funcionários.

Dessa forma, e através da publicação de suas fotos e biografias, e em suas próximas trocas com os eleitores, o povo conhecerá sua trajetória e qualidades, com vista às eleições de 11 de março. (Correspondentes, Redação Nacional e ACN).