ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Archivo

YAGUAJAY, Sancti Spíritus.– A tradição de plantar em cada aniversário natalício de Camilo Cienfuegos uma palmeira real parece ter sido cumprida com fartura desta vez e de maneira antecipada no Complexo Histórico que presta tributo ao Senhor da Vanguarda, pois foi preciso replantar não uma, mas sim várias delas, após o açoite do furacão Irma em setembro do ano passado, que derribou muitas das árvores que existiam no local.

Segundo confirmou ao jornal Granma o historiador e diretor do complexo, Gerónimo Besánguiz Legarreta, a reabilitação doas florestas esteve nos últimos meses no centro de atenção, tanto da entidade como das empresas e organismos que contribuíram para a reabilitação deste local, que inclui museu, monumento e praça (desde 1989) e mausoléu do Front Norte de Las Villas, bem como outros locais de apoio (desde 2009).

Besánguiz Legarreta significou que a propósito do 86º aniversário natalício de Camilo, em 6 de fevereiro – também em 2018 se completam os 60 anos de sua chegada à frente da lendária Coluna 2 à zona – no complexo se vem trabalhando na reconstrução do granito e do mármore, nos jardins e na eliminação dos danos provocados ao sistema elétrico.

No decurso do mês de março está previsto iniciar a limpeza dos elementos de bronze que compõem o conjunto monumental, incluída a escultura de Camilo, obra da artista Thelvia Marín inspirada em uma foto que Perfecto Romero tomou ao herói nos dias em que se desenvolvia a batalha de Yaguajay, a mais extensa da campanha em Lãs Villas.

Para a terça-feira, 6, o programa organizado por ocasião do aniversário natalício de Camilo contempla plantar a 86ª palmeira, atividades com crianças de todas as escolas primárias da cidade e dos povoados mais próximos, o concurso ‘Yo pinto a Camilo’, a assinatura dos convênios de trabalho com os organismos do município e a celebração, à noite, de um concerto-homenagem.

Situado fora do povoado de Yaguajay, justamente frente ao antigo quartel da ditadura –o 37º Esquadrão da Guarda Rural, atual hospital municipal Joaquín Paneca – o museu guarda a mais importante coleção de fotos, documentos e elementos tangíveis relacionados com o Comandante Camilo Cienfuegos e o Front Norte, que ele próprio fundou, após sua chegada a este lugar, em outubro de 1958.