ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Anabel Díaz

MATANZAS.– O Conselho Popular é a verdadeira autoridade na zona, absolutamente democrática, o elo essencial da direção estatal socialista, segundo ideias esboçadas por Fidel, quem o definiu como a pedra fundamental da participação da comunidade na solução dos seus problemas.

Assim lembrou o presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular, Esteban Lazo Hernández, e recalcou a importância de procurar maior efetividade do trabalho dessa estrutura, onde se perceba a contribuição de todos.

Lazo, também membro do Bureau Político presidiu aqui uma reunido na qual se falou acerca da eficácia do recente seminário de preparação ministrado aos presidentes desses órgãos de governo na província, encontro essencial para um cabal exercício da sua responsabilidade e para assumir os desafios do aperfeiçoamento do Poder Popular.

«Foi uma excelente etapa preparatória, com muita informação e troca de experiências, muito útil para todos e especialmente para aqueles que se iniciam nesta tarefa, reconheceu Omayda Gómez, presidenta do conselho popular Luisa, no município Jovellanos.

No encontro também falaram sobre a necessidade de imprimir maior rigor à prestação de contas nesse nível, sem descurar a participação, a disciplina e a ordem. Veio a público que nessa reunião é chave que participem todos os fatores, não somente os delegados (vereadores) da circunscrição.

Esteban Lazo disse que os revolucionários sé a maioria no bairro, daí a importância de que se integrem no trabalho, no controle e na fiscalização popular.

Para o sucesso em seu trabalho, recomendou aos presidentes dos conselhos populares um diagnóstico dos principais problemas de cada comunidade e avaliar suas causas. «Pensar e repensar como podem ser feitas melhor as coisas, sem perder a sensibilidade», significou para evocar outra ideia de Fidel acerca dos atributos dos dirigentes.

Lazo qualificou de extraordinário o atual período de mandato e meditou sobre a situação internacional e o cúmulo de medidas que serão implementadas, circunstância que exige estarmos bem informados e prontos em todo momento e defender a unidade a qualquer preço.

Afirmou que as próximas eleições gerais devem constituir uma mensagem de unidade do povo e de fortaleza da Revolução perante as tentativas do governo norte-americano de desarticular nossa soberania.