ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Em sua homenagem a Fidel, a primeira-ministra da Namíbia (no centro) foi acompanhada de Teresa Amarelle (na esquerda) e Beatriz Johnson (na direita). Photo: Eduardo Palomares

SANTIAGO DE CUBA.– A primeira-ministra da República da Namíbia, Ex.ma srª Saara Kuugongelwa-Amadhila, fez uma homenagem, na segunda-feira, 19 de fevereiro, ao líder Histórico da Revolução Cubana, Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, na rocha monumento que guarda suas cinzas no cemitério Santa Ifigenia, desta cidade.

Pouco depois de chegar, acompanhada da presidenta da Federação das Mulheres cubanas e integrante do Bureau Político do Partido e do Conselho de Estado, Teresa Amarelle Boué, ao aeroporto internacional Antonio Maceo, onde foi recebida pela presidenta da Assembleia Provincial do Poder Popular e membro do Comitê Central, Beatriz Johnson Urrutia, a primeira-ministra se deslocou à necrópole desta cidade.

Após observar a cerimônia solene de revezamento da guarda de honra da área central patrimonial do cemitério, a distinta visitante reverenciou o Líder Histórico da Revolução Cubana nesse sagrado local, onde previamente um destacamento da Unidade de Cerimonias das Forças Armadas Revolucionárias depositou a oferenda floral que ela lhe dedicou pessoalmente.

A seguir, em um percurso pelos monumentos funerários da Mãe da Pátria, Mariana Grajales, e do Pai da Pátria, Carlos Manuel de Céspedes, bem como pelo mausoléu do Herói Nacional de Cuba, José Martí, lhes dedicou igualmente flores brancas, em tributo a esses insignes próceres de nossa nação, sobre cujas vidas consagradas às lutas pela independência pôde conhecer mais.

«Minha visita aqui – declarou à imprensa – invoca sentimentos de soberania e de emoções, porque Cuba, a Revolução Cubana e os mártires que aqui estão sepultados, inspiram e evocam sentimentos de solidariedade e amor do povo de Cuba à África e vice-versa, e especialmente do povo da Namíbia.