ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
O próximo dia das eleições refletirá a unidade dos cubanos. Photo: Ismael Batista

«O dia eleitoral que o país vai viver no próximo dia 11 de março, a data em que serão eleitos os deputados à Assembleia Nacional do Poder Popular e os delegados das assembleias provinciais, será um novo reflexo da unidade do povo em torno da Revolução», de acordo com José Ramón Machado Ventura, segundo secretário do Partido, durante uma visita a comunidades de Guantánamo.

De acordo com as informações publicadas no jornal Venceremos, Machado Ventura, também membro do Bureau Político e vice-presidente dos Conselhos de Estado e Ministros, disse que «o objetivo desses intercâmbios é fortalecer o vínculo com os eleitores. Nós não viemos fazer promessas de uma solução, porque a Revolução faz o possível para as pessoas, como fez desde 1959, sob a orientação e o ensinamento de Fidel».

Precisamente, essas reuniões dos candidatos com seus eleitores distinguiram, nesta segunda etapa, o cronograma das eleições, que também prevê, entre as ações fundamentais, a realização do teste dinâmico, em 4 de março.

Com este exercício, Tomás Amarán Díaz, vice-presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CEN), explicou à imprensa, os meios, mecanismos e estruturas eleitorais são implementados para garantir todas as condições e evitar contratempos no dia da votação.

Amarán disse que, nesta oportunidade, tal como na etapa anterior, o teste será organizado em dois momentos. No primeiro, que será executado das 7h00 da manhã às 8h30 da manhã, serão verificados todos os recursos, garantias, pessoal, meios de comunicação, computação, transporte ... Trata-se de testar tudo; tão só não participam os eleitores e os pioneiros que protegem a urna dos votos.

No segundo momento, precisou Amarán, todas as estruturas eleitorais participarão nos diferentes escalões. Um teste geral será conduzido pelas autoridades eleitorais, totalizando mais de 188.000 em todo o país. 50 cédulas serão distribuídas por escola com caracteres equivalentes aos nomes dos candidatos e as possíveis situações serão simuladas, incluindo o escrutínio.

A semana anterior às eleições seria dedicada a corrigir, pontualmente em cada lugar, os problemas identificados durante o teste dinâmico.

Amarán Díaz acrescentou que, como parte das ações do processo, «já concluiu a atualização das listas dos eleitores e todas as estruturas concluídas, bem como as cédulas foram preparadas, que nessas eleições serão duas: uma verde para os deputados e uma branca para os delegados. Da mesma forma, trabalhamos com intencionalidade na preparação dos grupos de recepção, revisão e computação da informação».

Da mesma forma, o número de colégios eleitorais foi atualizado, até agora, sedo 24.471. Destes, 143 especiais, isto é, aqueles que serão habilitados nos terminais, hospitais, etc. Por sua vez, os distritos eleitorais, outra peculiaridade do segundo estágio, são 92.

De acordo com o vice-presidente da CEN, «este, tal como os anteriores, será um processo com qualidade, disciplina, organização, transparência e profissionalismo que sempre caracterizou as autoridades eleitorais».