ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

Porque o sonho justo de fazer notícias com a clareza do compromisso nos acompanha à distância dos 126 anos, os jornalistas de Cuba avistam na Pátria o sustém de ética e amor. Cada dia os homens e mulheres da imprensa cubana se levantam com a Ilha, em todos os tempos, e põem em sua obra revolucionária e consequente o ímpeto exaltado e a reflexão tenaz que vestiram aquele jornal precursor, fundado por José Martí, e que em 14 de março de 1892, nasceu para sempre e para unir «... os úteis e bons homens de todas as procedências, que persistem no sacrifício da emancipação, ou começam sinceramente nele; para explicar e consolidar as forças vivas e reais do país, e seus embriões de composição e decomposição, em prol de que o conhecimento de nossas deficiências e erros, e de nossos perigos, assegure a obra para a qual não basta a fé romântica e desordenada de nosso patriotismo; e para fomentar e proclamar a virtude no lugar que se estiver. Para juntar e amar, e para viver na paixão da verdade, nasce este jornal. Deixa na porta porque enfeiam o propósito mais puro a preocupação pessoal por onde o juízo escurecido rebaixa o desejo próprio, as coisas santas da humanidade e a justiça...».