ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Trabalhar pela eficiência econômica foi um dos temas enfatizados por Esteban Lazo, em Mayabeque. Photo: Jorge Luis González

A experiência das províncias de Mayabeque e Artemisa pode ser um modelo de benefício extraordinário para Cuba, especialmente por causa da delimitação de funções que devem ser revertidas em processos mais coerentes e com maiores resultados integrais.

Assim aconteceu durante uma troca entre o membro do Bureau Político do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba e presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular, Esteban Lazo Hernández, e as autoridades da província de Mayabeque, sobre a experiência no sistema de governação que foi colocado em prática desde a constituição dessas duas províncias, em 9 de janeiro de 2011, após a última divisão político-administrativa do país.

Durante a reunião, Lazo falou sobre a dinâmica de atendimento à população como parte do desenvolvimento do Poder Popular, e enfatizou nos ensinamentos de Fidel e o valor da unidade para o trabalho dos líderes, nos processos de direção, gestão e controle.

Ao mesmo tempo, ele pediu laços mais estreitos com a população para conhecer suas ideias e trabalhar com o concurso popular na solução das dificuldades, com disciplina, consciência revolucionária, espírito de luta e confronto com o mal feito.

Da mesma forma, enfatizou na eficiência econômica e a qualidade dos serviços como tarefas prioritárias, o que é verificado através dos controles e auditorias realizadas pelas Comissões de Trabalho Permanente. Nesse sentido, destacou o imperativo de que os resultados das verificações cheguem aos Conselhos da Administração e integrem esforços para a transformação dos problemas de cada município ou conselho popular.

O presidente do Parlamento endossou o papel dos órgãos globais da economia e salientou que a Assembleia e os conselhos da administração deveriam exigir mais para o funcionamento eficiente das suas entidades que são essenciais na gestão e execução do orçamento.

O líder cubano examinou a situação da cobrança de multas, impostos, contas a receber e pagamento nas diferentes entidades; a prioridade de reduzir inventários ociosos ou lentos, e pediu um planejamento econômico sistemático para alcançar um socialismo próspero e sustentável. A correta implementação das Diretrizes do Partido e da Revolução e o processo de institucionalização foram outras questões abordadas no dia de trabalho.