ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

A combinação dos métodos da Medicina Natural e Tradicional (MNT) com os tratamentos convencionais indicados pelos médicos cubanos gerou um sistema de conhecimentos que favorece um atendimento médico preciso e uma continuidade com a formação acadêmica.

A MNT deve ser entendida como uma especialidade clínica de perfil amplo, com uma abordagem científica, única e holística, que emprega técnicas e procedimentos para a promoção da saúde, prevenção das doenças, diagnóstico, tratamento e reabilitação com sistemas médicos com base em práticas tradicionais e das culturas não ocidentais.

Seu principal objetivo é restaurar o equilíbrio ou resolver a falta de harmonia no ser humano, com base em um pensamento médico que considere a pessoa como um todo, levando em consideração o paciente, não a doença. Inclui a relação de interdependência entre homem e natureza, considerando quais mudanças no estilo de vida afetam a saúde.

Essa disciplina sustenta a seleção do comportamento terapêutico como um critério próprio, que se baseia em conceitos específicos relacionados à saúde e suas modificações, o que gera terapias eficazes, seguras e eficientes, pois aborda as causas endógenas das doenças.

Os cubanos usam a MNT no atendimento primário de saúde e nos hospitais, com base na vontade política do Estado que inclui um plano de ação projetado e consolidado para todo o país. Este programa baseia-se na garantia da produção, distribuição e comercialização de produtos naturais, atendimento médico garantido, formação de recursos humanos, apelo permanente para investigar e generalizar os resultados científicos, a promoção e educação em prol da saúde, além do controle e avaliação do cumprimento das medidas aprovadas.

Tudo isso está explícito nas Diretrizes da Política Econômica e Social do Partido e da Revolução, aprovadas nos últimos Congressos do Partido Comunista de Cuba, e enquadradas no processo das transformações da sociedade cubana em que se afirma: dar atenção máxima ao desenvolvimento da Medicina Natural e Tradicional (Diretriz 158ª, do 6º Congresso) e assegurar o cumprimento do Plano de Ação para assegurar o desenvolvimento e consolidação da Medicina Natural e Tradicional (Diretriz 132ª, do 7º Congresso).

A dr.ª Silvia González Rodríguez, secretária da Sociedade Cubana de MNT e presidenta do Comitê Assessor do reitor da Universidade das Ciências Médicas de Havana disse ao Granma Internacional que a MNT inclui métodos tradicionais da cultura chinesa, procedimentos terapêuticos dos aborígines e o legado recebido pelas práticas médicas autóctones da Nação.

«O impulso fundamental de sua introdução em Cuba foi determinado pela escassez de medicamentos nos anos noventa, causada pela crise econômica e por todos conhecidos como ‘período especial’. Hoje consolidamos uma experiência de 25 anos de trabalho. Nossos protocolos médicos para abordar as diferentes condições sugerem o uso de terapias contempladas na MNT, pois o paciente consegue com a integração do tratamento uma melhor evolução», afirmou a especialista em segundo grau de MNT.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Lembremos que em Cuba, em 1962, foi ministrado o primeiro Curso de Acupuntura para médicos, em 1973 foi fundada a estação experimental de Plantas Medicinais Dr. Juan Tomás Roig e em 1975 foi realizada a primeira cirurgia com analgesia mediante acupuntura, no hospital clínico-cirúrgico Comandante Manuel Fajardo.

Em 1988 nasceu o laboratório Central de Farmacologia, adstrito à Universidade das Ciências Médicas de Havana, na década dos 90 foram aprovadas várias resoluções ministeriais para estender os métodos terapêuticos a todo o país e foi fundada a Sociedade Cubana de Medicina Bioenergética e Naturalista, em 1996.

Mais tarde, foram ministrados os primeiros cursos de Mestrado em MNT e desde 1998 começou a ser publicada a Revista Cubana de Plantas Medicinais. Nos anos 2000 foi introduzida esta disciplina na formação universitária e a especialidade pôde ser estudada em todas as províncias. Mais de 35% dos consultórios contam com insumos para a prática da acupuntura e suas técnicas afins.

«Nos cursos de formação de especialistas oferecemos uma série de técnicas e procedimentos aprovados em nosso sistema nacional de saúde, que hoje são mais de dez. Com eles ao pensamento médico moderno se juntam elementos da medicina tradicional naturista», assegurou González Rodríguez.

«Todos os anos faz-se uma convocatória para a formação de especialistas, à qual aderem muitos profissionais formados em Medicina Geral Integral (MGI) e outros que solicitam uma segunda especialidade. O curso de formação dura três anos e abrange todas as modalidades que estão sustentadas na Organização Mundial da Saúde (OMS) para o exercício da MNT no mundo, indicou a doutora Gilsa Asunción Cabrera Leal, especialista de segundo grau em MNT.

«Na faculdade de Tecnologia da Saúde há oito carreiras, que incluíram em seus planos de estudo o ensino de uma lição sobre a NTM. Na formação dos médicos foi concebida uma rotação por especialidade e a todos são ensinados os princípios básicos da especialidade, com ênfase em punção digital, acupuntura e outras técnicas», explicou Gilsa, especialista também em primeiro grau em Administração da Saúde.

Ela também argumentou que foram ministrados oito cursos nacionais a médicos de outras especialidades e como um estágio preliminar é organizada uma oficina metodológica, com todos os professores, a fim de unificar critérios e atualizar a literatura. Para isso, fazem-se audioconferências e outras técnicas digitais, de forma a abranger um maior número de pessoas.

Recentemente, Havana foi a sede do 6º Congresso da Sociedade Cubana de Medicina Natural e Tradicional, Bionat 2018, (de 4 a 7 de setembro) com uma extensa troca de experiências. Lá, foi realizado o Simpósio sobre Medicina Tradicional Indígena e Afrodescendente, patrocinado pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Também teve lugar o 2º Simpósio sobre Medicina Integrativa Cuba-Japão, debates sobre terapia com ozônio, medicina tradicional e complementar no atendimento primário de saúde e formação de profissionais. Foi montado um estande da Sociedade Cubana de NTM, com exposições da Rede de Medicamentos Tradicionais, Complementares e Integrativos das Américas. Além disso, foi realizada uma sessão de orientação naturista nutricional.

OPINIÕES DOS PACIENTES

A dr.ª Cabrera Leal participou de uma mesa redonda sobre homeopatia, onde foram apresentadas as experiências obtidas durante oito cursos de graduação em várias províncias do país. «Além disso, apresentamos um tema livre sobre o uso da medicina natural e tradicional perante os desastres e mostramos o trabalho da cátedra de MNT, da Faculdade de Tecnologia da Saúde na sua relação com a comunidade», acrescentou a doutora.

Ela convidou o Granma Internacional para visitar sua clínica, onde conhecemos vários pacientes que se beneficiaram dessas técnicas. A menina de sete anos, Lía de Jesús Pérez e Borge, veio procurar ajuda em face de frequentes infecções por giardíase.

Sua mãe, Odette, disse que um ano atrás eles vieram a consulta por sugestão de vários amigos, que trataram seus filhos com dificuldades no desempenho acadêmico, devido à falta de concentração das crianças. A doutora indicou exercícios de autoajuda e terapia floral.

Da mesma forma, Dilsia Rosa Verdecia, 45 anos, vem tratando sua alergia há vários anos. Ela toma medicamentos anti-histamínicos, mas é eficaz suplementá-los com medicamentos homeopáticos. Enquanto isso, Niurka Herrera Sabarría vem pela primeira vez, buscando alívio da dor óssea nos membros inferiores. Ela foi encaminhada pelo ortopedista.

Todos concordaram que este tipo de terapia promove a cura do corpo, aumenta o nível de imunidade, reforça a relação entre o médico e o paciente, reduz o consumo de drogas químicas e tem menos riscos porque as aplicações não têm efeitos adversos ou efeitos colaterais com outros tratamentos.

Estatísticas de emprego de tratamentos de Medicina Natural e Tradicional no Atendimento Primário de Saúde (2017).

• 8.453.786 de tratamentos de acupuntura e técnicas relacionadas.

• 23.964.406 indicações para Fitoterapia e 1.834.992 de Apiterapia.

• 1.174.092 indicações de medicamentos homeopáticos e 331.715 de Terapia Floral.

• 246f587 Tratamentos de Ozonioterapia.

ACÇÕES PARA GARANTIR O DESENVOLVIMENTO E A CONSOLIDAÇÃO DO MEDICAMENTO NATURAL E TRADICIONAL

1. A garantia da produção, distribuição e comercialização de produtos naturais.

2. Cuidados médicos.

3. Ensino

4. Pesquisas.

5. Promoção e educação para a saúde.

6. O controle e avaliação do cumprimento do plano de medidas aprovado.

TÉCNICAS OU MODALIDADES DA MNT APROVADAS PELO MINSAP

- Fitoterapia.

- Medicina Tradicional Asiática.

     a) Acupuntura.

     b) Implantação de catgut.

     c) Estimulação em pontos de acupuntura.

- Terapia de ozônio.

- Homeopatia

- Terapia Floral de Bach.

- Hidrologia médica.

- Mineromedicinais.

   a) Minerais

   b) Peloides.

- Clima

- Helioterapia.

- Exercícios terapêuticos tradicionais.

- Orientação Nutricional Naturista.

Pies de fotos...

As doutoras Silvia González Rodríguez, secretária da Sociedade Cubana de MNT e Gilsa Asunción Cabrera Leal, especialista de 2º grau, consideram que com estas terapias naturistas, o paciente tem outra opção de cura.

Algumas terapias da Medicina Natural e Tradicional.