ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

O governo dos Estados Unidos continua em sua campanha de desacreditar Cubabuscar assim novas escusas para entorpecer as relações entre ambas as nações, apesar da aproximação conseguida durante o governo do presidente Barack Obama, afirmou em 29 de novembro Johana Tablada, funcionária do Ministério das Relações Exteriores da Ilha.

Dentro das medidas utilizadas pela administração de Donald Trump – precisou a vice-diretora da Direção dos EUA da chancelaria da nação caribenha – destacam o acirramento do injusto bloqueio econômico, financeiro e comercial imposto à Ilha há quase 60 anos, bem como os supostos incidentes de saúde de diplomatas estadunidenses em Havana.

Todas estas falsas sentenças sobre nosso país foram desmentidas junto ao novo pretexto utilizado pelo governo norte-americano acerca do entorpecimento por parte de Cuba para outorgar vistos a pessoal diplomático.

Tablada referiu-se, ainda, ao uso e ao abuso da calúnia e da mentira. Apesar destes contínuos ataques, a diplomata asseverou que nosso país tem a melhor disposição de conseguir um relacionamento civilizado e respeitoso.