ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Cuba é uma potência educacional, graças à vontade do governo. Photo: Ismael Batista

«A educação é uma prioridade estatal e social em Cuba, evidenciada pelo fato de que neste ano, por exemplo, 23,7% do orçamento é dedicado ao financiamento de um sistema educacional coerente, para o qual a luta constante por elevar a qualidade é um desafio extraordinário», disse em 4 de fevereiro, a doutora Ena Elsa Velázquez Cobiella, ministra da Educação, durante a gala político-cultural que deixou inaugurada, no teatro Karl Marx, em Havana, a 16ª edição do congresso Pedagogia 2019, com a presença do presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez.

Velázquez Cobiella fez um esboço do desenvolvimento deste setor desde o triunfo da Revolução e quanto é feito para cumprir os objetivos de desenvolvimento sustentável contidos na Agenda 2030, traçados faz um período de três anos em um fórum global, que tendem a assegurar uma educação de qualidade, equitativa e inclusiva, aspirações coincidentes, em sua essência, com as linhas de trabalho seguidas pela Ilha maior das Antilhas.

A ministra ressaltou que o Ministério da Educação está inserido no programa de informatização da sociedade cubana e uma amostra da aplicação de avanços em ciência e tecnologia é que eles trabalham em um novo pacote de serviços abrangentes do programa de alfabetização Sim, eu posso, método cubano pelo qual já existem três nações declaradas territórios livres de analfabetismo.

Na ocasião, foi homenageado José Ramón Fernández Álvarez, gerente desses encontros de educadores, que tem 33 anos de iniciação.

Roberto Morales Ojeda, membro do Bureau Político e vice-presidente do Conselho de Ministros e Olga Lidia Tapia, membro do secretariado do Comitê Central do Partido, estavam entre outros líderes de organizações políticas e de massa, além do teólogo brasileiro Frei Betto.

PRECISÕES

- 0,2% analfabetos em Cuba, segundo o Censo Populacional e Habitacional de 2012, e é conseguido devido aos altos níveis de escolaridade.

- Mais de 35.400 professores na prática estudam carreiras pedagógicas em cursos, por meio de encontros nas universidades.

- Mais de 37.000 professores do ensino médio e universitário são preparados em 27 escolas pedagógicas e em 16 universidades do país.

- Mais de 10.600.000 jovens e adultos de 30 países foram alfabetizados com o método cubano Sim, eu posso.