ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Ulises Guilarte, máximo líder sindical, conclamou a participar da passeata no Dia 1º de Maio, exatamente faltando um mês para a festa do proletariado mundial. Photo: Leidys María Labrador Herrera

Com o lançamento da convocação para a passeata de 1º de Maio, e o reconhecimento à Empresa Integral de Serviços Automotivos (EISA) pela sua imediata recuperação e destaque na restauração da capital após a passagem do tornado, começou o mês de abril para o sindicato dos trabalhadores cubanos.

Das mãos de Ulises Guilarte de Nacimiento, membro do Bureau Político e secretário-geral da Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC), a empresa recebeu a bandeira da Façanha no Trabalho, concedida àqueles grupos com uma história sindical distinta e, como no caso da EISA, protagonistas em situações extremas que ameaçam a produtividade e a estabilidade econômica da Ilha.

Neste centro, que tem mais de 1.500 trabalhadores no país, foram reconhecidos individualmente uma dúzia de colegas cujos esforços da instituição catalisaram a recuperação da cidade, após o tornado de 27 de janeiro passado; Da mesma forma, o Grupo Empresarial da Construção, a Unidade Orçamentada de Serviços Comunitários, o contingente Ñico López e a Companhia de Produção de Alumínio, entre outros, foram mencionados durante o ato.

Guilarte de Nacimiento parabenizou a massa de trabalhadores reunidos na entrada da EISA, e enfatizou a importância de seus esforços e realizações produtivas para a sustentabilidade de nossa economia, um tema urgente e uma chamada para o debate no próximo 21º Congresso da CTC.