ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Foto: Internet

NAS primeiras horas da manhã, soube-se do sequestro de dois colaboradores cubanos da saúde que prestavam seus serviços no condado de Mandera, na República do Quênia. Os colaboradores são nomeados Assel Herrera Correa, especialista em Medicina Geral Integral da província de Las Tunas e Landy Rodríguez Hernández, especialista em Cirurgia da província de Villa Clara.
Canais de comunicação foram estabelecidos imediatamente com as autoridades quenianas para resolver essa situação, enquanto os parentes dos colaboradores aqui em Cuba são mantidos informados.
Da mesma forma, um grupo de trabalho do governo foi criado para acompanhar essa questão delicada.