ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

Às 13h26, a caravana passou pela Praça de Marte, também incluída no percurso por Santiago de Cuba, capital moral da Revolução, do cortejo fúnebre com as cinzas do Comandante-em-chefe Fidel Castro. Ao chegar foi recebido com a declamação de um poema em que se insta a «continuar empurrando o país» na direção que o fez o Comandante-em-chefe desde 1º de janeiro de 1959.

Às 13h38, a caravana passou pelas proximidades da Posta 3 do Quartel Moncada, hoje Cidade Escolar 26 de Julho. Por esse mesmo lugar iniciou o ataque a essa guarnição militar do regime de Batista quando às 5h15 da madrugada de 26 de julho, os homens do primeiro carro do grupo comandado por Fidel iniciaram as ações combativas.

Minutos depois, às 13h50, o cortejo fúnebre com as cinzas de Fidel culminou o percurso por mais de 17 quilômetros da cidade de Santiago de Cuba e agora descansará na Praça da Revolução Antonio Maceo de Santiago de Cuba, ali permanecerá até amanhã quando se realize a cerimônia de inumação no cemitério de Santa Ifigenia, muito perto de onde descansam os restos do Herói Nacional, José Martí. Mais tarde na jornada, precisamente às 19h00, o povo de Santiago, e de outras províncias orientais, irá reunir-se nesta praça para prestar tributo ao líder da Revolução. Este lugar foi levantado em honra a Antonio Maceo, mas também em uma das paredes do Teatro Heredia se instalou um relevo escultórico que presta homenagem a outro herói de Cuba, o Comandante Juan Almeida Bosque.