ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
A reunião de ministros das Relações Exteriores após encontro de coordenadores da Celac. Photo: Cubaminrex

Bávaro, República Dominicana.— O ministro das Relações Exteriores chegou, em 23 de janeiro, à República Dominicana para participar da reunião dos chanceleres da 5ª Cúpula da Celac, que começa hoje.

A reunião de ministros das Relações Exteriores será depois do encontro de coordenadores da Celac, que trabalharam nos documentos que serão aprovados pelos chefes de Estado.

De acordo com a Prensa Latina, entre os temas presentes nos textos se encontram a necessidade de pôr fim ao bloqueio comercial e financeiro dos Estados Unidos contra Cuba, bem como outros assuntos relacionados com segurança alimentar, migração e desenvolvimento e flagelo mundial das drogas.

Destacam-se igualmente os temas de desarmamento nuclear, gênero, desenvolvimento das mulheres, financiamento para o desenvolvimento, devolução a Cuba do território ocupado pela base naval dos Estados Unidos em Guantánamo, idiomas indígenas e outros.

A 5ª Cúpula dos chefes de Estado e de Governo será inaugurada oficialmente na noite do dia 24 de janeiro, pelo presidente dominicano, Danilo Medina, depois de concluir a 13ª Reunião de Ministros das Relações Exteriores da Celac, apontou o chanceler desse país, Miguel Vargas, citado por Cubaminrex.

Ressaltou que posteriormente os chefes de Estados aprovarão a Declaração Política de Punta Cana, o Plano de Ação, o qual regerá durante o ano 2017 e serão aprovadas também 19 Declarações Especiais, atividade que será encerrada com o traspasso da presidência pro tempore da República Dominicana a El Salvador.