ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA

Segundo as informações do Centro de Prognósticos do Instituto de Meteorologia, o intenso furacão Irma açoita a metade norte das províncias centrais como um furacão categoria quatro da escala Saffir-Simpson, com ventos máximos sustentados de 250 quilômetros por hora, com rajadas superiores e avança ao oeste-noroeste com uma velocidade de 19 quilômetros por hora.

O vórtice de Irmã influi desde as províncias orientais até o ocidente do país, com fortes e intensas chuvas no território. Finalizando a manhã começaram as enchentes costeiras nas províncias de Havana, Mayabeque e Matanzas.

Levando em conta esta situação, foi decidido estabelecer Fase de Alarme para as províncias de Mayabeque, Havana e Artemisa, a Fase de Alerta para Pinar del Río, e a Fase Informativa para o Município Especial da Ilha da Juventude e manter em Fase de Alarme o resto das províncias do país.

Deve-se incrementar a informação à população nas províncias que estão nas fases de Alarme e Alerta, fazendo ênfases na proteção das pessoas em lugares seguros, produto do impacto dos fortes ventos e as enchentes costeiras fortes. Igualmente, precisar as condições de segurança e permanência das pessoas previstas para proteger em centros de evacuação e as que moram em prédios com deficiente estado de conservação.

Os órgãos e organismos estatais, entidades econômicas e instituições sociais das províncias que passam à Fase de Alarme devem cumprir as ações previstas em seus respectivos planos, limitar o movimento de pessoas e de transportação, bem como outras atividades que possam pôr em risco a vida.

Orienta-se à população manter-se informada em relação à evolução deste perigoso furacão mediante os avisos de ciclone tropical emitidos pelo Instituto de Meteorologia e as orientações da Defesa Civil e cumprir disciplinadamente as medidas que indicadas pelas autoridades do território. •

ESTADO-MAIOR NACIONAL DA DEFESA CIVIL