ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Estudios Revolución

«HOJE mais do que nunca, precisamos da força e da moral de nossas mulheres», disse o general-de-exército Raúl Castro Ruz, primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba, no encerramento do 10º Congresso da Federação das Mulheres Cubanas (FMC), em Havana, em 8 de março.

A cerimônia de encerramento contou com a presença de Miguel Díaz-Canel Bermúdez, presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, e José Ramón Machado Ventura, segundo secretário do PCC.

«O avanço das mulheres em todos os níveis é uma força importante para a FMC — entidade que reúne mais de 90% das mulheres adultas e adolescentes do país — e as coloca em uma posição de se proporem esforços superiores», disse Machado Ventura, ao proferir as palavras finais do evento.

As delegadas ao conclave leram uma declaração de solidariedade das cubanas com as mulheres do mundo, onde condenaram a ofensiva imperialista e as políticas patriarcais e de dominação, bem como o papel intervencionista da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Uma lembrança do «casamento rebelde» foi dada ao general-de-exército Raul Castro. Photo: Estudios Revolución

A organização presenteou ao general-de-exército Raúl Castro Ruz, em nome de todas as mulheres cubanas, uma imagem do «casamento rebelde», símbolo de sua união com Vilma no amor e na luta.

Além disso, entregaram ao general-de-exército e a Machado Ventura, um álbum de imagens que mostra o papel de protagonistas das mulheres da Ilha no processo revolucionário.

O novo Secretariado do Comitê Nacional da FMC foi constituído por 13 membros, cinco delas profissionais, e Teresa Amarelle Boué foi confirmada como secretária-geral da organização.