ÓRGÃO OFICIAL DO COMITÊ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DE CUBA
Photo: Granma

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz despediu o Papa Francisco e sua comitiva no Aeroporto Internacional Antonio Maceo.

O Sumo Pontífice dirige-se a segunda parada de sua turnê, os Estados Unidos, onde será recebido pelo presidente Barack Obama. Neste país vai oferecer discursos na sessão conjunta do Congresso dos Estados Unidos e da Assembléia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

Em 26 oficiará uma missa em Filadélfia e participar no Encontro Mundial das Famílias. Antes de deixar o solo cubano, agradeceu o calor e a hospitalidade do povo.

Em seu último dia em Cuba, o Bispo de Roma desenvolveu um intenso programa que começou com uma missa na Basílica de Nossa Senhora da Caridade do Cobre. Depois teve um encontro com uma representação de famílias cubanas na Catedral de Santiago de Cuba e abençoou toda a cidade a partir do átrio desta instituição religiosa.

Ele também elogiou o papel da família como instituição, ao expressar que cada família seja habitação acolhedora de bondade e paz... “A família é a escola da humanidade... Deixemos um mundo cheio de famílias, é o melhor legado. Não há famílias perfeitas. Portanto, vamos cuidar a nossa família, espaços reais de liberdade, verdadeiros centros de humanidade”.

Finalmente, como de costume, pediu: “Rezem por mim”.